20 de maio de 2024
Recapturado

Polícia Penal de Goiás e a Polícia Nacional da Bolívia se uniram para prender foragido; entenda

Recapturado confessou estar na cidade para se reunir com traficantes da região e obter cloridrato de cocaína
O foragido, investigado por homicídio e tráfico de drogas, foi localizado em Santa Cruz de La Sierra, cidade na Bolívia. (Foto: Divulgação/Polícia Penal de Goiás).
O foragido, investigado por homicídio e tráfico de drogas, foi localizado em Santa Cruz de La Sierra, cidade na Bolívia. (Foto: Divulgação/Polícia Penal de Goiás).

A Polícia Penal de Goiás, por meio da Gerência de Inteligência e Observatório, em parceria com o Departamento de Análise Criminal e Inteligência da Polícia Nacional da Bolívia, efetuaram a prisão de um foragido brasileiro. O homem, investigado por homicídio e tráfico de drogas, foi localizado em Santa Cruz de La Sierra, cidade na Bolívia, na última sexta-feira (2).

“Em virtude desta recorrente troca de informações, os bolivianos pediram nossa ajuda para tentar descobrir a verdadeira identidade desse suspeito. Foi quando identificamos que ele era foragido do Brasil”, explica o gerente de Inteligência da Polícia Penal. Na abordagem desta sexta, o foragido, que não teve nome divulgado, apresentou documento de identidade falso, mas, como já vinha sendo acompanhado pelas equipes de inteligência, foi preso.

Histórico do foragido

Natural da cidade de Guanambi (BA), o preso foi investigado por oito homicídios realizados no município, a mando da Organização Criminosa “Bonde do Maluco – BDM”, aliada ao Primeiro Comando da Capital. Ele já havia fugido duas outras vezes da Bahia, tendo sido recapturado nos Estados de Minas Gerais e Mato Grosso do Sul.

O recapturado estava em livramento condicional expedido pela Comarca de Campo Grande (MT), no início de janeiro de 2024. Em menos de um mês, ele já atuava no tráfico internacional de drogas. Após escapar de uma abordagem em Campo Grande, há aproximadamente duas semanas, ele deixou para trás mais de R$ 700 mil em drogas do tipo cocaína crystal e uma prensa hidráulica. Com isso a Polícia Nacional da Bolívia solicitou apoio da Polícia Penal de Goiás.

O foragido foi recolhido pelo estabelecimento penitenciário boliviano. O sistema de imigração do país foi notificado para a extradição do preso.


Leia mais sobre: / / / / Cidades

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019