28 de junho de 2022
Cidades

Polícia desmantela associação criminosa comandada por detento

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Uma operação da Polícia Civil cumpre na manhã desta quarta-feira (18) 11 mandados de prisão e outros 11 de busca e apreensão no âmbito da Operação Derrocada, que mira uma associação criminosa suspeita de crimes como tráfico de drogas, roubo e receptação de veículos, adulterações de sinais indentificadores de veículos e homicídios.

Além dos 11 mandados de prisão já cumpridos, outros três foram expedidos. Os alvos, porém, não foram localizados e estão declarados como foragidos.

Cerca de 70 policiais participam da ação da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA). 

Continua após a publicidade

A Operação Derrocada, conforme a Polícia Civil, é fruto de uma investigação que durou seis meses. A apuração aponta que Roniflay Pereira Alves, conhecido por “Pato”, “Pé de Pato” ou “Patolino”, atualmente preso na Penitenciária Odenir Guimarães, era o líder do grupo criminoso. 

Mesmo preso, ele recrutava e determinava que os integrantes da associação praticassem crimes como tráfico de drogas, roubos de veículos e, até mesmo, homicídios contra integrantes de facção criminosa distinta.

Também foram presos a esposa e o pai de  Roniflay, que segundo a DERFRVA, o auxiliavam na guarda, venda e na contabilidade do tráfico de drogas. 

Continua após a publicidade