09 de agosto de 2022
Goiânia

Polícia Civil apreende 55 botijões de gás que seriam vendidos clandestinamente em Goiânia

Botijões estavam com armazenamento impróprio. (Foto: Decon)
Botijões estavam com armazenamento impróprio. (Foto: Decon)

Ação da Polícia Civil apreendeu nesta terça-feira (4) 55 botijões de gás que seriam vendidos clandestinamente em Goiânia. Três estabelecimentos foram autuados, sendo um no Jardim Leblon e um no Bairro da Vitória, em Goiânia. O terceiro é de Anápolis, no Residencial Idelfonso Limírio.

A operação teve apoio de especialistas de regulação da Agência Nacional de Petróleo (ANP). A investigação foi iniciada há quatro meses, após denúncias. Segundo a ANP, botijões comercializados clandestinamente oferecem risco iminente de explosão.

Dos 55 botijões apreendidos, 24 estavam estocados no estabelecimento do Jardim Leblon e 31 no Bairro da Vitória. Segundo a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon), eles descumpriam normas como ausência de extintor de incêndio, inexistência de autorização de funcionamento e estocagem irregular.

Continua após a publicidade

No estabelecimento de Anápolis, os policiais também cumpriram mandado de busca e apreensão, mas não encontraram botijões no local. Portanto, não ficou caracterizada a revenda clandestina.

O crime prevê pena detenção de um a cinco anos. Os proprietários dos estabelecimentos foram conduzidos à Decon, que instaurou inquérito policial para apurar o caso.