03 de março de 2024
Ilegalidade

PMGO faz operação contra garimpo ilegal no Rio Corumbá, em Pires do Rio

Três garimpeiros foram encaminhados para a delegacia e assinaram um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO) pelo crime de extração de recursos minerais
Três bolsas foram encontradas no local. (Foto: Reprodução - Vídeo / PMGO)
Três bolsas foram encontradas no local. (Foto: Reprodução - Vídeo / PMGO)

A Polícia Militar de Goiás (PMGO) deflagrou, nesta terça-feira (3), a Operação Ilicitum Aurum, contra um garimpo ilegal no Rio Corumbá, em Pires do Rio. Após patrulhamento pela região, o Comando de Operações de Cerrado (COC) junto com o Batalhão Ambiental encontraram o esquema ilegal de garimpagem.

Além disso três garimpeiros foram encaminhados para a delegacia e assinaram um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO) pelo crime de extração de recursos minerais. Ainda no local foram encontradas três balsas clandestinas que eram utilizadas para retirar ouro da região.

Ao Diário de Goiás, a PMGO, disse que os garimpeiros não foram autuados em flagrante pelo crime de usurpação de matéria prima pertencente à União, porque com eles não foram encontrados nenhuma grama de ouro. Ainda de acordo com a corporação, foram apreendidos os pertences dos garimpeiros e as balsas foram destruídas.

Segundo a Polícia Militar a operação visa combater o garimpo ilegal em vários pontos do Estado. Além do Rio Corumbá, onde a incidência de ouro é maior, outros também estão sendo alvos da operação como o Rio Caiapó, Rio Vermelho, Rio Maranhão no Norte goiano e o Rio das Almas.


Leia mais sobre: / / / / Cidades

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.