22 de abril de 2024
Política • atualizado em 03/12/2021 às 14:36

Magda Mofatto nega intervenção de Bolsonaro no PL goiano e reforça apoio a Mendanha

Flávio Canedo, Mendanha e Mofatto. (Foto: Instagram)
Flávio Canedo, Mendanha e Mofatto. (Foto: Instagram)

A deputada federal Magda Mofatto garantiu que o PL terá Gustavo Mendanha como candidato ao governo de Goiás em 2022, mesmo que ele não integre os quadros da sigla. Nos últimos dias, a parlamentar tem rebatido Major Vitor Hugo, que se coloca como um possível nome para a disputa após a filiação de Jair Bolsonaro.

Numa entrevista na Rádio Manchester, em Anápolis, o deputado, hoje no PSL, afirmou que, em estados-chave, Bolsonaro “vai querer ter um nome próximo para comandar e direcionar os esforços”. Ele tem se colocado como um potencial concorrente ao Palácio das Esmeraldas.

Nesta quinta-feira (2), em Bela Vista de Goiás, Mofatto reforçou que o nome escolhido pelo PL em Goiás, seja ele filiado ou não à legenda, é Mendanha. “O convite para filiação no PL permanece. As portas para Gustavo Mendanha estão abertas no PL. Se ele decidir por outro partido, ainda assim o PL estará com Gustavo Mendanha”, disse.

A deputada revelou, inclusive, que o tema já foi tratado com Bolsonaro. “Despachamos com o presidente Bolsonaro por mais de uma hora e reafirmando: o PL no estado de Goiás é Bolsonaro, o PL no estado de Goiás é Gustavo Mendanha.”

Veja: Dirigentes dizem que Vitor Hugo tem que provar-se nas pesquisas para ser candidato

Mofatto reclamou de ataques do colega de Câmara e garantiu que não haverá troca no comando do diretório estadual do partido, presidido pelo marido dela, Flávio Canedo. A definição, diz a parlamentar, é da própria direção nacional do PL.

“Com todas as colocações e provocações que Major Vitor Hugo fez contra nós, contra o PL, contra Gustavo Mendanha, ainda assim, não retrucamos absolutamente nada. Foi ele sozinho provocando, cutucando com vara curta. Nós, como pacificadores, não respondemos. A resposta é essa: o PL está conosco, o presidente continua sendo Flávio Canedo, continuo sendo deputada do PL. Estivemos em Brasília, nosso presidente do partido, em nenhum momento, colocou na mesa a discussão de alternativa na presidência do PL”, frisou.

Mais: DC manterá conservadores bolsonaristas

Não é a primeira vez que Mofatto rebate Vitor Hugo. A parlamentar esteve em Anápolis no último dia 25, em evento na Câmara Municipal, e reforçou que o candidato do partido é Mendanha, além de endossar que não haverá troca no comando regional do partido.

PL caminha com Mendanha

Mofatto e Canedo têm andado ao lado de Mendanha em eventos pelo interior do estado. Nesta semana, eles estiveram juntos em Quirinópolis. “Estamos de pronto para uma campanha belíssima que se avizinha. Estamos numa pré-campanha, onde temos percorrido o estado, andando em várias cidades. Gustavo Mendanha está se apresentando. As pessoas querem conhecer o rapaz, o moço de Aparecida. A fama dele já correu o estado inteiro. Ele está se apresentando, tem viajado e as pessoas o recebem com muita alegria”, declarou.

Questionada sobre quando Mendanha definirá pela filiação ou não ao PL, a deputada respondeu: “Nada precipitado dá certo. O momento oportuno chegará e ele tomará a decisão.”


Leia mais sobre: / / / / Destaque / Política