25 de abril de 2024
Economia

Pix bate novo recorde de transações feitas em um dia e supera os 152,7 milhões

O Banco Central afirma que os números mostram a forte adesão ao Pix por pessoas e empresas
Segundo o Banco Central cada transferência em tempo real teve valor médio de R$ 498,42. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Segundo o Banco Central cada transferência em tempo real teve valor médio de R$ 498,42. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O Pix bateu novo recorde de transações na quarta-feira (06). O Banco Central (BC) informou que as transferências instantâneas somaram 152,7 milhões, batendo o recorde anterior de 142,4 milhões em 4 de agosto.

O BC afirma que os números mostram a forte adesão ao Pix por pessoas e empresas. O valor total das transações na quarta-feira foi de R$ 76,1 bilhões, com média de R$ 498,42 por transferência.

Leia também: Pix bate novo recorde de transações feitas em um dia e supera os 140 milhões

A maioria (55,86%) das transferências foi entre pessoas físicas. O BC destaca o aumento das transferências de pessoas físicas para pessoas jurídicas, que passaram de 22,5% do total em setembro de 2022, para 33,3% em agosto de 2023.

O BC diz que o Pix está mais maduro, conveniente e integrado, permitindo mais diversidade nos usos e mais importância para a economia nacional.

Leia também: Pix terá função crédito e ferramenta que centraliza contas, anuncia presidente do BC

Números do Pix

O Pix foi lançado pelo BC em novembro de 2020 e já tem 650,7 milhões de chaves cadastradas. São 153 milhões de usuários, sendo 92% pessoas físicas. A faixa etária que mais usa o Pix é a de 20 a 39 anos, com 60% das transações.


Leia mais sobre: / / / Brasil / Economia