15 de agosto de 2022
Economia

“Petrobras é a empresa petrolífera que mais teve lucro no mundo”, diz Caiado

No período de um ano a Petrobras teve um aumento no número de dividendos ao governo federal que chegou a quase 1000%
Caiado disse que o estado seguirá à risca qualquer outra lei que for criada. (Foto: Divulgação)
Caiado disse que o estado seguirá à risca qualquer outra lei que for criada. (Foto: Divulgação)

O governador Ronaldo Caiado (União Brasil) disse, durante entrevista a rádio Sagres na manhã desta quarta-feira (1º), que a Petrobras é a empresa petroleira que mais gerou lucro no mundo.

Vale destacar que no período de um ano a Petrobras teve um aumento no número de dividendos ao governo federal que chegou a quase 1000%, saltando de R$ 2,5 bilhões em 2020, para R$ 27,1 bilhões em 2021, conforme reportagem da CNN. A previsão para 2022 é de R$ 32 bilhões até o mês de julho.

De olho na arrecadação dos estados, o Comitê Nacional de Secretários de Fazenda (Comsefaz) levou ao senado, a proposta de um fundo com dividendos para conter os aumentos nos valores da gasolina e diesel, afim de amenizar o impacto aos consumidores.

Continua após a publicidade

O intuito é evitar que o projeto que limita o ICMS sobre energia e combustíveis seja aprovado. De acordo com a Comsefaz, com a aprovação os estados pode ter um prejuízo de até R$ 83 bilhões.

Em Goiás, Caiado afirma que o estado seguirá à risca tudo que for decidido pelo Congresso. ”Ao invés de criarmos uma queda de braços, é muito mais importante que a gente possa trabalhar de forma conjunta e acharmos uma melhoria para o cidadão e ajudar o estado a melhorar o endividamento”,enfatiza o governador.

Caiado explica ainda que o preço do combustível e de gás está congelado no estado desde novembro de 2021.

Continua após a publicidade

“Desde novembro o povo goiano deixou de pagar de ICMS durante os seis primeiros meses, R$ 376 milhões, que nós hoje congelamos o preço aqui no estado”, destaca.

Em Goiás, o gás de cozinha está congelado em R$ 104,52. ”Se ele hoje está custando mais de R$120, não é pelo ICMS, nós estamos fazendo a tarefa de casa”, afirma o governador.

A gasolina hoje se encontra congelada a R$ 6,56 em Goiás. ”Se ela está mais de R$8, não é responsabilidade do ICMS”, garante Caiado.

“Eu quero deixar claro é que estamos fazendo a nossa parte, mas se vem outra lei, vamos atendê-la”, afirma.

Leia também: