26 de fevereiro de 2024
Trocas • atualizado em 02/06/2023 às 15:11

“Pessoas qualificadas e competentes”, destaca Caiado sobre novos presidentes da Ceasa e Codego

O governador empossou os novos titulares Francisco Júnior e Manoel Castro em cerimônia, na qual destacou novos investimentos e melhorias para os segmentos
Governador Ronaldo Caiado faz novas trocas no primeiro escalão do governo. Foto: Wesley Costa
Governador Ronaldo Caiado faz novas trocas no primeiro escalão do governo. Foto: Wesley Costa

O governador Ronaldo Caiado (UB) empossou, nesta sexta-feira (2), os novos presidentes da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego) e das Centrais de Abastecimento de Goiás (Ceasa). Assumiram a liderança das pastas, respectivamente, o ex-deputado federal Francisco Júnior e o agropecuarista Manoel Castro de Arantes.

De acordo com Caiado, os gestores escolhidos são “pessoas qualificadas e competentes” e terão o desafio de atrair novos negócios, ao mesmo tempo em que levam emprego e segurança alimentar aos cidadãos. Caiado destacou também que, “o importante é que a população sinta as melhorias”, afirmou.

A solenidade de posse aconteceu no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia. Na cerimônia, o chefe do Executivo ressaltou o trabalho social desenvolvido pela Ceasa, por meio de iniciativas como o Banco de Alimentos. Na parceira são arrecadadas doações de permissionários e produtores. O espaço deve continuar recebendo melhorias em infraestrutura e modernização, como um projeto de geração de energia fotovoltaica.

Nesse sentido, o novo presidente da Ceasa terá a missão de gerir uma estrutura com mais de 3 mil parceiros, entre concessionários e permissionários, e movimentação diária de 15 mil pessoas. “Agradeço a oportunidade de assumir a Ceasa. É uma honra muito grande, vamos cumprir o que o estatuto e as normas dizem para ser feito nessa companhia”, ressaltou Manoel Castro. Ele também deverá continuar as tratativas para instalação de um sistema de biogestor para tratamento de até 25 toneladas de resíduos produzidos no local.

De modo semelhante, a Codego deverá concluir o processo de implementação do Distrito Agroindustrial Norberto Teixeira (Dianot), em área adquirida no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. O investimento será de aproximadamente R$ 140 milhões. “O foco da gestão deve ser quem precisa dela. Tem de ser para o desenvolvimento do estado, atenção aos prefeitos e atenção à população que mais precisa de emprego, oportunidades e desenvolvimento”, destacou o novo presidente, Francisco Júnior.

Novos gestores

O novo presidente da Codego, Francisco Júnior, é formado em Direito, especialista em comércio exterior e possui mestrado em Desenvolvimento Urbano e Planejamento Territorial pela PUC-GO. Em 2018, foi eleito deputado federal. Também foi deputado estadual por dois mandatos e vereador da capital. Antes de ir para o Legislativo, foi secretário de Planejamento de Goiânia, entre 2005 e 2008.

Já o novo gestor da Ceasa, Manoel Castro Arantes, é formado em Direito e Gestão Pública pela Faculdade Evangélica de Goianésia (FACEG). Foi eleito o vereador mais jovem da história de Goianésia, com 24 anos, e se tornou o presidente da Câmara entre nos anos de 1973 e 1974. Ele, agora, sucede o filho, ex-deputado estadual Renato de Castro, que esteve à frente da companhia por 13 meses.


Leia mais sobre: / / / / Política

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.