28 de maio de 2024
DESTAQUE

Pesquisa sobre neuropatia auditiva pediátrica do Crer é referência em revista internacional

Neuropatia auditiva em crianças é uma patologia causada pela alteração na condução do som pelo nervo auditivo
Estudo foi publicado na revista suíça Audiology and Neurotology. (Foto: Crer)
Estudo foi publicado na revista suíça Audiology and Neurotology. (Foto: Crer)

Um trabalho sobre neuropatia auditiva pediátrica do Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer) foi publicado na revista suíça Audiology and Neurotology. A revista é uma das mais relevantes do mundo e a pesquisa integrou os resultados de oito artigos entre mais de 2.500 conteúdos avaliados.

O objetivo dos conteúdos seria investigar se o implante coclear traz benefícios para crianças com neuropatia auditiva. Segundo a autora do trabalho, a médica otorrinolaringologista Marina Nahas Dafico Bernardes, os pacientes com a condição no nervo auditivo.

“Analisávamos os pacientes com neuropatia no nervo auditivo e não tínhamos certeza dos benefícios do tratamento com o implante coclear, o que nos levou a pesquisar todos os artigos disponíveis no mundo sobre o tema. Foram trabalhos em inglês, francês, alemão e outros. Após esse levantamento histórico, conseguimos comprovar que o paciente consegue sim, se beneficiar com o implante”, afirma.

De acordo com Claudiney Cândido Costa, coordenador da residência médica do Crer e um dos orientadores de Marina, a pesquisa é o trabalho de maior importância na literatura mundial sobre o tema.

“Por exemplo, se pesquisadores de Harvard ou de qualquer outra instituição de ensino e pesquisa do mundo quiserem mais informações sobre os benefícios do implante coclear para crianças com neuropatia auditiva, a pesquisa dela é o material mais completo disponibilizado na literatura em saúde”, disse.

Neuropatia auditiva pediátrica

A neuropatia auditiva em crianças é uma patologia causada pela alteração na condução do som pelo nervo auditivo. A condição ainda encontra dificuldades para ser diagnosticada e passa por estudos para um tratamento efetivo.


Leia mais sobre: / / / / / / Brasil / Cidades / Notícias do Estado

Maria Paula

Jornalista formada pela PUC-GO em 2022 e MBA em Marketing pela USP.