09 de agosto de 2022
Política • atualizado em 18/02/2022 às 15:36

Pesquisa Record TV/Real Time Big Data: Caiado, 41%, Mendanha, 18%, Perillo, 17%, Wolmir Amado, 9%

Caiado, Mendanha, Marconi e Amado figuram em destaque na disputa eleitoral
Caiado, Mendanha, Marconi e Amado figuram em destaque na disputa eleitoral

Se as eleições fossem realizadas hoje, o governador Ronaldo Caiado (União Brasil) terminaria o primeiro turno na frente de todos os candidatos que fazem oposição ao atual governo, de acordo com nova pesquisa encomendada pela Record TV Goiás realizada pelo Instituto Real Time Big Data divulgada quinta-feira (17/02). O Instituto simulou cinco cenários além da pesquisa espontânea, aquele em que os nomes dos candidatos não são citados pelo entrevistador.

LEIA MAIS: Caiado lidera enquanto Mendanha e Marconi empatam na segunda posição, aponta pesquisa

No terceiro cenário, onde a pesquisa Real Time Big Data destaca pré-candidatos que já formalizaram suas intenções de disputar o Palácio das Esmeraldas, o governador Ronaldo Caiado (União Brasil) aparece com 41% das intenções de voto. O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB) tem 18% e Marconi Perillo, do PSDB, 17%. Wolmir Amado, do PT, teria 9% do eleitorado goiano. Apesar de ainda não ter definido se vai disputar o governo, Perillo tem tido seu nome lembrado para retomar ao Palácio onde esteve por quatro gestões. Brancos e nulos tem 7%, não sabem ou não responderam, 9%.

Continua após a publicidade

O resultado das outras simulações não muda, sempre com a vitória de Caiado. No primeiro cenário, além dos nomes mencionados no paragrafo anterior, o Big Time Real Data coloca o senador Vanderlan Cardoso (PSD) que já descartou qualquer candidatura nessas eleições, o deputado federal Delegado Waldir Soares (União Brasil), que senão tentar a reeleição já declarou sua pretensão ao Senado Federal, o deputado federal Major Vitor Hugo (União Brasil) que tenta emplacar uma candidatura ao Governo do Estado e Jânio Darrot (Patriota). Este último abandonou a pré-candidatura e a tendência é apoiar Gustavo Mendanha (sem partido).

Neste cenário, Ronaldo Caiado tem 35% das intenções de voto. Marconi Perillo e Gustavo Mendanha aparecem empatados, com 16%. Vanderlan Cardoso, tem 7% e Wolmir Amado, tem 5%. Delegado Waldir e Vitor Hugo na mesma posição com 2% das intenções de voto. Brancos e nulos 8%. Não sabem ou não quiseram responder, 8%. 

Na segunda simulação, o governador Ronaldo Caiado venceria as eleições com 40%, enquanto Marconi Perillo aparece em segundo com 19%. Mendanha, teria 18% e Vanderlan Cardoso, na lanterna com 10%. Brancos e nulos, 7%. Não sabem ou não responderam, 6%.

Continua após a publicidade

Na quarta simulação,  o Instituto mediu apenas se o trio Caiado, Mendanha e Perillo fossem candidatos. O democrata, novamente, venceria o pleito com 43% dos votos. Marconi Perillo tem 22% enquanto Mendanha, 20%. Brancos e nulos 8%, não sabem ou não responderam, 7%.

No quinto cenário, Caiado tem 39% das intenções de voto. Gustavo Mendanha, 19%. Vanderlan Cardoso – que não será candidato – 10%. Wolmir Amado, 9%, Delegado Waldir e Major Vitor Hugo, 3%. Jânio Darrot, tem 1% – este último, descartou candidatura. Brancos e nulos, 7%, Não sabem ou não responderam, 9%.

O cenário que o Diário de Goiás destaca é o terceiro, haja vista que simulam personagens que já lançaram suas pré-candidaturas ao Palácio das Esmeraldas, como o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha e o ex-reitor da PUC, Wolmir Amado, do PT. 

Rejeição

O tucano e ex-governador Marconi Perillo lidera a pesquisa quando se trata de rejeição do eleitorado. Ele tem 29% enquanto Ronaldo Caiado, 22%. Wolmir Amado, do PT, 9%, Vanderlan Cardoso 7%. Delegado Waldir, 6%, Gustavo Mendanha, 6% e Major Vitor Hugo, 6%, Jânio Darrot, 3%.

A pesquisa ouviu 1000 pessoas em todo o estado de Goiás entre os dias 09 de fevereiro e 15 de fevereiro e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número de identificação: GO-03182/2022.

Leia mais sobre:
Política