17 de abril de 2024
Aparecida de Goiânia

Painel em Aparecida de Goiânia homenageia Maguito, Iris e Léo Mendanha

Painel em Aparecida de Goiânia com homenagem a líderes do MDB. (Foto: Divulgação)
Painel em Aparecida de Goiânia com homenagem a líderes do MDB. (Foto: Divulgação)

Um painel idealizado pelo artista plástico Marcelo Costa, em parceria com a também artista Suzy Xavier, homenageia três emedebistas que marcaram história. A obra de arte está localizada na região do Centro Administrativo, em Aparecida de Goiânia.

Ao DG, Costa explicou que a primeira pintura surgiu logo após a morte de Maguito Vilela. “Senti a necessidade de homenageá-lo por tudo que ele fez por Aparecida”, relatou.

A dor já era grande com a morte do ex-prefeito e ficou ainda maior quando o ex-deputado estadual e pai do atual prefeito morreu. Léo Mendanha, também vítima da covid-19, foi o segundo a ser imortalizado no painel.

O falecimento de Iris Rezende nesta terça-feira (9) fez os artistas buscarem espaço para mais um rosto do MDB que trabalhou pela cidade. Embora tenha ligação forte com Goiânia, o ex-governador também recebe o carinho de Aparecida de Goiânia. “Havia um espaço ao meio que não pensávamos em usar, mas Iris veio a falecer. E Aparecida deve muito a ele. Foi ele quem regularizou o Madre Germana e deu outras contribuições”, destacou.

Arte em Aparecida de Goiânia emociona

Num ano de tantas perdas, a população de Aparecida de Goiânia não tem segurado as lágrimas perto da obra de Marcelo Costa. “A população aderiu tanto que todos que passam sentem emoção de ver o Maguito ali. Agora, com o Léo e o Iris, vemos que as pessoas aderiram muito. A imagem que queríamos passar era essa mesmo, de agradecimento. Vejo sempre as pessoas por ali chorando”, relatou.

Para Costa, o momento mais doloroso foi quando Maguito morreu. O então prefeito eleito de Goiânia lutou por quase três meses pela vida, mas as complicações da covid-19 o levaram. Como artista, a dor dele é ainda maior. “Na gestão dele, sentimos uma transformação muito grande, principalmente na cultura. O Maguito contribuiu muito na formação dos artistas, dos músicos. Houve muita valorização.”

Depois de tantas homenagens, Marcelo Costa não quer mais perder nenhum líder importante em Aparecida de Goiânia. “Até nem tem espaço mais para pintar”, brinca.

O local onde está o painel vai se transformar num memorial. Será construído um espaço com bancos, pontos de energia e calçada. “As pessoas poderão sentar, refletir, cantar parabéns. Vai ser um espaço muito movimentado.”


Leia mais sobre: / / / / Aparecida de Goiânia