25 de junho de 2024
Investigação

Operação Pesticide: Polícia Civil inicia 2ª fase da operação que investiga roubo de defensivos agrícolas

2ª fase da Operação Pesticide investiga roubo de mais de 1,2 mil litros de defensivos agrícolas, avaliados em torno de R$ 130 mil
Ação tem o objetivo de cumprir quatro mandados de prisão temporária e quatro mandados de busca e apreensão. (Foto: PCGO/Divulgação).
Ação tem o objetivo de cumprir quatro mandados de prisão temporária e quatro mandados de busca e apreensão. (Foto: PCGO/Divulgação).

Na manhã desta segunda-feira (22), a Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais, deflagrou a 2ª fase da Operação Pesticide, que investiga um roubo de mais de 1,2 mil litros de defensivos agrícolas, avaliados em torno de R$ 130 mil. O crime ocorreu no dia 15 de abril deste ano, na zona rural de Piracanjuba.

A ação tem o objetivo de cumprir quatro mandados de prisão temporária e quatro mandados de busca e apreensão nas cidades de Goiânia, Trindade, Rio Verde e Jataí, em desfavor de investigados. A primeira fase ocorreu no dia 3 de maio, onde foram cumpridos cinco mandados judiciais, sendo duas prisões temporárias e três apreensões. No total, cinco pessoas foram presas – quatro em flagrante.

A primeira fase investigou um furto ocorrido na noite do dia 27 de outubro, em uma fazenda de Palmeiras de Goiás. Durante o cumprimento dos mandados, na casa de um dos líderes da associação, além de localizar defensivos em um dos cômodos, foram apreendidos dois veículos carregados de defensivos agrícolas. Eles foram autuados por associação criminosa e armazenamento e transporte de defensivos agrícolas.

Na ação criminosa do dia 27 de outubro, câmeras de segurança captaram a ação de dois indivíduos saindo do galpão com os produtos, enquanto que outros indivíduos aguardavam na rodovia, em dois veículos. A vítima teve um prejuízo de R$ 200 mil.


Leia mais sobre: / / / Cidades / Notícias do Estado

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019