14 de junho de 2024
Cidades

Operação La Plata/Anápolis: Gomide afasta investigados

A Prefeitura de Anápolis divulgou nota à imprensa na tarde desta terça-feira (7) sobre a Operação La Plata, que prendeu empresários, políticos e agentes públicos. O secretário municipal de Meio Ambiente, Luiz Henrique Fonseca, pediu afastamento do cargo. Outros foram atingidos.

 

Os servidores públicos também envolvidos na acusação feita pelo Ministério Público (MP) – Mauro Rocha Carneiro e Sérgio Ramos – foram afastados de seus cargos de confiança e agora enfrentam processo administrativo disciplinar, por serem efetivos.

Confira a íntegra do texto:

O Município de Anápolis, ciente da operação deflagrada nesta terça-feira, 7, pelo Ministério Público Estadual, esclarece que dentre os 17 investigados, quatro são servidores públicos municipais, sendo que um deles foi equivocadamente conduzido para prestar esclarecimentos. O secretário de Meio Ambiente e Agricultura foi ouvido e liberado em seguida.

Em relação às providências sobre o caso, o Município comunica que o secretário pediu afastamento do cargo para que possa se defender. Os outros dois servidores investigados são efetivos, com mais de 30 anos de ocupação pública, e serão afastados das funções de confiança. A administração aguarda o envio de documentos da investigação do Ministério Público para abertura de procedimentos administrativos disciplinares.

(Com colaboração de Márcio Gomes, do site www.redacao24h.com.br)


Leia mais sobre: / Cidades

Altair Tavares

Editor e administrador do Diário de Goiás. Repórter e comentarista de política e vários outros assuntos. Pós-graduado em Administração Estratégica de Marketing e em Cinema. Professor da área de comunicação. Para contato: [email protected] .