29 de maio de 2022
Destaque • atualizado em 23/01/2022 às 11:19

Ocupação em leitos de UTI para tratamento da Covid-19 chega aos 91% na rede pública de Goiás

Foto: Claudivino Antunes
Foto: Claudivino Antunes

Com o aumento no número de casos de Covid-19, o percentual da taxa de ocupação hospitalar na rede pública também voltou a crescer. Na manhã deste domingo (23), o índice chegou aos 91% em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do estado de Goiás para tratamento de pacientes infectados pelo vírus, conforme aponta o mapa de leitos, atualizado em tempo real pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO).

De acordo com o relatório, das 163 unidades estaduais disponíveis para o tratamento da doença, 140 encontram-se ocupadas, oito bloqueadas e apenas 15 disponíveis, em Catalão, Goiânia, Goiás, Itumbiara, Jaraguá e Luziânia. O percentual é alto também em unidades de UTI pediátricas, onde, segundo o mapa de leitos, a ocupação é de 90%, com 16 das 21 unidades disponibilizadas ocupadas e três bloqueadas. Há apenas duas unidades disponíveis no Hospital Estadual da Criança e do Adolescente (Hecad), em Goiânia.

Reprodução/Mapa de leitos SES-GO

Já em enfermarias, o índice de internações é de 73%, com 82 dos 113 leitos para adultos ocupados e 31 disponíveis. Na enfermaria pediátrica, a taxa de ocupação chegou aos 100%. No entanto, apenas 13 unidades encontram-se ocupadas e outras 17 estão bloqueadas. O estado acumula 999.326 casos de Covid-19 e 24.858 óbitos causados pela doença, de acordo com boletim divulgado pela SES-GO neste sábado (22).

Continua após a publicidade