18 de agosto de 2022
Cidades

Obras do Hospital de Águas lindas são retomadas após quase um ano

O governador Ronaldo Caiado e o secretário de Estado da Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, assinaram no fim da tarde da última quinta-feira (22/08) a ordem de serviço para a retomada das obras do Hospital Regional de Águas Lindas, paralisadas desde meados de 2018.

Em seu discurso, Alexandrino destacou o apoio do governador e garantiu que até o próximo ano a unidade será entregue à população. “São mais de 130 leitos de alta e média complexidade, que vão mudar a realidade da população do Entorno do Distrito Federal e do Norte Goiano”, afirmou o secretário.

Caiado, por sua vez, garantiu a previsão de Alexandrino sobre a entrega da obra. “O que foi assinado aqui é porque a verba já está depositada, não é ‘vamos ver'”, garantiu o governador. E acrescentou, em referência ao apoio da bancada goiana no Congresso Nacional: “Todo mundo que ajudar vai ter o nome na placa”. Ele avisou: “Vamos buscar parceria com todo mundo”.

Continua após a publicidade

Em seguida o governador e o secretário percorreram o hospital, em especial o Centro Cirúrgico, ainda em chão batido, sem portas nem batente, no tijolo e fiação exposta, sem lâmpadas. O escuro foi rompido apenas pelas luzes das câmaras de TVs e flashes. “Olhem o centro cirúrgico inaugurado (em abril de 2018), um desrespeito com o cidadão goiano”, lamentou.

População beneficiada
Quando for concluído, o Hospital Regional de Águas Lindas vai beneficiar 1,2 milhão de moradores de 31 municípios população beneficiada da Macrorregião Nordeste, entre eles, também, Santo Antônio do Descoberto, Novo Gama, Luziânia, Cristalina, Valparaíso de Goiás, entre outros.

O Hospital de Águas Lindas está estruturado como Hospital Geral com Maternidade e Pronto Atendimento de Referência Macrorregional, com atendimentos de urgência e emergência, realizando procedimentos de média complexidade ambulatorial e hospitalar em clínica médica, clínica cirúrgica , clínica pediátrica, clínica ginecológica e clínica obstétrica, com atendimentos e procedimentos de alta complexidade em ortopedia/traumatologia e oftalmologia.

Continua após a publicidade

Com mais de 11,6 mil m2, a unidade terá mais de 130 leitos, dos quais 30 de UTI adulto, pediatricos e neonatal. Atenderá em diversas especialidades médica e cirúrgica.

Histórico
As obras do Hospital de Águas Lindas foram iniciadas pela prefeitura daquele município no ano de 2000, porém durante dez anos permaneceram paralisadas, por pendências jurídicas. A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES) recebeu, em agosto de 2013, autorização do Ministério da Saúde para assumir a conclusão da unidade. A SES fez a licitação, contratou a empreiteira e as obras foram reiniciadas. Mas foram paralisadas em 2018, com cerca de 50% concluído.