16 de julho de 2024
Sem previsão • atualizado em 25/06/2024 às 11:44

Obras de readequação do Cais Guanabara se arrastam há quatro anos, sem data de conclusão

Ainda sem data oficial para entrega, a SMS Goiânia informa apenas que o "cronograma está progredindo conforme o planejado"
Unidade segue em obras desde 2020. Foto: Reprodução Instagram MPT Goiás
Unidade segue em obras desde 2020. Foto: Reprodução Instagram MPT Goiás

Com ordem de serviço assinada em fevereiro de 2020 e previsão inicial de conclusão em prazo de 180 dias, as obras de transformação do Cais Jardim Guanabara III em Unidade de Pronto Atendimento (UPA) se arrastam há mais de quatro anos. O objetivo era ampliar a unidade, conforme normas do Ministério da Saúde, mas, nos últimos anos, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia enfrentou inúmeros entraves para a conclusão do projeto, ainda sem data de entrega.

Em 2022, já na gestão de Rogério Cruz (Solidariedade), a Prefeitura de Goiânia enfrentou transtornos que levaram à paralisação das obras na unidade. À época, a empresa responsável pela licitação abandonou o projeto, sendo necessário a realização de um distrato para contratação de uma nova empreiteira, fato que atrasou o cronograma do projeto.

Os atrasos acarretaram inúmeros transtornos à população da região. Antes do fechamento, em 2020, a unidade atendia, em média, 5,5 mil pacientes por mês. Devido a inativação do Cais Guanabara por tempo prolongado, a Justiça condenou a Prefeitura de Goiânia a pagar uma indenização no valor de R$ 30 mil, a título de danos morais coletivos. A penalização determinava também uma série de melhorias, para que servidores e terceirizados tivessem um meio ambiente de trabalho mais adequado às condições.

Àquele tempo, a SMS de Goiânia informou ao Diário de Goiás, que a reforma da respectiva unidade começou na gestão anterior e as obras foram paralisadas ainda naquele período. “A empresa que havia vencido a licitação não cumpriu o contrato e, somente no fim do ano passado (2021), a pasta conseguiu fazer o distrato devido aos trâmites processuais em vigência. A SMS ressalta que, em breve, vai assinar as primeiras ordens de serviço para início de um grande programa de recuperação das unidades de saúde do município de Goiânia, incluindo a UPA Jardim Guanabara”, declarou.

De lá para cá uma nova empresa assumiu as obras, no entanto, o projeto segue sem data final para inauguração. Procurada pelo Diário de Goiás, a SMS informou apenas que “a obra está progredindo conforme o planejado, dentro do cronograma estabelecido”, no entanto, não informou se há prazo previsto para a finalização.

Conforme a pasta, a Prefeitura está em fase de aquisição de novos equipamentos para a unidade, mas também não esclareceu como anda os trâmites para contratação de profissionais da saúde e como será o funcionamento da nova UPA.


Leia mais sobre: / / / Cidades / Goiânia

Luana Cardoso

Luana

Atualmente atua como repórter de cidades, política e cultura. Editora da coluna Crônicas do Diário. Jornalista formada pela FIC/UFG, Bióloga graduada pelo ICB/UFG, escritora, cronista e curiosa. Estagiou no Diário de Goiás de 2022 a 2024.