21 de julho de 2024
Proposta • atualizado em 08/02/2023 às 14:48

OAB-GO prepara três listas sêxtuplas para cargo de desembargador; entenda

Serão três listas distintas com 18 nomes que serão entregues ao TJGO. A definição final acontecerá nesta segunda-feira (13)
OAB-GO prepara três listas sêxtuplas para cargo de desembargador. (Foto: Altair Tavares / DG).
OAB-GO prepara três listas sêxtuplas para cargo de desembargador. (Foto: Altair Tavares / DG).

Durante a manhã desta quarta-feira (8), a Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), recebeu o presidente do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), o desembargador Carlos Alberto França, para entrega do ofício que permite a formação de lista sêxtupla ao cargo de desembargador oriundo da advocacia.

Ao Diário de Goiás, o presidente da OAB-GO, Rafael Lara Martins, disse que a diretoria vai submeter o Conselho Seccional na próxima segunda-feira (13), a resolução que irá regulamentar todo processo. ”O Conselho Seccional é soberano, e cabe a ele definir”, destaca. Mas, segundo Lara, a sugestão da diretoria é que seja feito um único processo de formação três listas sêxtuplas.

Segundo Lara serão três listas distintas com 18 nomes que vão ser entregues ao TJGO. Portanto, Rafael explica que dentro da proposta que será encaminhada ao conselho, é que os nomes tenham que distinguir entre si. Ou seja, quem entrar em uma lista, automaticamente ele fica excluído da formação das demais.

Rafael Lara explica que esse formato não é inovador na Seção Goiás. Segundo ele, com a experiência de outras seccionais e do Conselho Federal, a OAB-GO está muito segura em caminhar neste sentido. ”Os quadros da advocacia de Goiás estão a altura dessa formação”, afirma.

Com a expectativa de uma definição final na próxima semana, de acordo com Lara o edital deve ser publicado no Diário Eletrônico da OAB, na próxima terça-feira (14).

Durante o evento, nos bastidores muito se falavam nos nomes que deverão entrar na disputa das vagas. O Diário de Goiás adianta os possíveis candidatos, entre eles: Augusto Ventura; Breno Caiado; Ludmilla Torres; Antônia Chaveiro; Márcio Moraes; João Fagundes Filho; Alexandre Kafuri; Ana Carolina Ribeiro; Ricardo Baiochi e Juliana Prudente.

Instalação

O desembargador Carlos França explica que o TJGO está tomando todas as providências para que a partir da vigência da lei, em meados de maio até o final deste ano, a expectativa é que sejam instalados todos os novos 26 cargos e desembargadores. ”Esperamos concluir essa instalação até o fim do ano”, disse França ao DG.

Para o desembargador, a finalidade do aumento de estrutura do TJGO é prestar melhor serviço à sociedade. ”Isso significa maior produtividade e agilidade. Então esse novos desembargadores, sendo 21 da carreira da magistratura, 3 da advocacia e 2 do Ministério Público nós possamos fazer essa prestação jurisdicional com qualidade à sociedade goiana melhorando ainda mais o que é feito hoje pela justiça no Estado de Goiás”, completa.


Leia mais sobre: / / / / / Direito e Justiça

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.