15 de agosto de 2022
Goiás Esporte Clube

O mais importante vem agora

O Goiás fez uma bela campanha na Copa São Paulo de Futebol Júnior, o título não veio, a equipe goiana foi derrota pelo Santos por 3 a 1. Todo esportista quer vencer, claro, contudo, o vice campeonato ficou para trás, o que o departamento de futebol do Goiás tem que pensar é o que irá fazer com esses garotos, para que eles se tornem realmente jogadores profissionais.

Boa parte do elenco esmeraldino que disputou a Copinha é nascida em 1994, isso significa que, se quiser, o Goiás pode manter todos estes garotos para disputar a mesma competição no ano que vem.

Continua após a publicidade

Enderson Moreira já sofre uma pressão muito grande para aproveitar alguns atletas de maneira imediata no grupo profissional, como o lateral-direito Clayton Sales, o volante Túlio e o atacante Erik. O treinador sempre é taxativo ao responder sobre essa questão. “Trabalhei com base 15 anos, sei como funciona. Não adianta simplesmente jogar os garotos aqui, vamos acabar queimando os meninos e perdendo bons jogadores. Tem que subir, treinar, mas tudo isso com calma, obedecendo etapas”, disse o treinador na semana passada. O único jogador da equipe vice-campeã que já treina com o grupo principal é o goleiro Paulo Henrique.

Enderson foi campeão da Copa São Paulo em 2007, quando treinava o Cruzeiro. O treinador exemplificou que daquela equipe somente o atacante Guilherme conseguiu jogar no profissional da Raposa, os demais se perderam no caminho, segundo o treinador, por má condução na transição da base para o time de cima.

Agora fica a expectativa, Enderson vai aproveitar alguém no time principal? Dentro da parceria com a Aparecidense, o Goiás irá emprestar alguns para a equipe da região metropolitana para a disputa do Goianão? É esperar para ver.

Continua após a publicidade

Leia mais sobre:
Goiás Esporte Clube