27 de maio de 2022
Esportes

O crescimento e progresso do futebol feminino no Brasil

O crescimento e progresso do futebol feminino no Brasil (foto pixabay)
O crescimento e progresso do futebol feminino no Brasil (foto pixabay)

O futebol feminino vem crescendo no Brasil em diferentes aspectos e uma das evidências disso foi a final da Brasil Ladies Cup que foi o primeiro torneio de futebol feminino entre clubes transmitido na TV aberta. Na ocasião, o São Paulo venceu o Santos por 3 a 2 em jogo disputado no Allianz Parque em dezembro de 2021.

O futebol continua sendo o esporte mais popular no Brasil, e com o crescimento da popularidade do futebol feminino, usuários de sites de apostas têm se interessado ainda mais pela modalidade feminina. Se você quer começar a apostar no futebol feminino veja aqui como começar.

É fato que o futebol feminino tem se destacado ao redor do mundo, contudo, aqui no país nem sempre foi assim, pois ainda que o esporte seja praticado há mais de 1 século, por muito tempo, ele foi visto como uma modalidade clandestina, regulamentado somente em 1983. Mas somente em 1990 que times grandes como São Paulo e Santos começaram a surgir na categoria feminina.

Continua após a publicidade

O futebol feminino em desenvolvimento

Com o passar dos anos, algumas medidas que visavam um avanço para as mulheres nesse esporte foram tomadas. A CBF desenvolveu um novo regulamento no qual determinou que todas as equipes da primeira divisão do Campeonato Brasileiro Masculino necessitavam ter um time feminino adulto e até mesmo uma categoria de base.

Mas antes disso, a Conmebol já havia determinado que para os clubes estarem habilitados a participar da Libertadores e Copa Sul-Americana era fundamental que houvesse times compostos por mulheres.

A verdade é que essas medidas foram muito importantes para que o futebol feminino se fortalecesse, pois faz com que os grandes times do país invistam nessa modalidade.

Continua após a publicidade

Além disso, essas grandes equipes também devem se responsabilizar por formar jogadoras nas suas categorias de base com o objetivo de revelar novos talentos, uma conquista para as mulheres.

Atualmente, o futebol feminino também possui segunda divisão do Brasileiro e competições de base, como o recém-criado Brasileiro Sub-18.

Porém, apesar de o futebol feminino ainda não ter a mesma força e relevância dentro da mídia quando comparado com a modalidade masculina, a qualidade técnica dos jogos é, sem dúvidas, surpreendente.

Entretanto, ainda há muito a ser conquistado pelas mulheres no esporte. Inclusive, até o ano de 2013 não havia nenhum tipo de competição oficial de futebol brasileiro feminino organizado pela CBF.

Não se pode negar que ainda existe o preconceito, mas é nítido que há muito potencial a ser explorado no futebol feminino. Por essa razão, existem alguns fundamentos em que a FIFA busca se basear para o melhor desenvolvimento do mesmo.

Entre elas estão a criação de programas de desenvolvimento nos centros de futebol, escolas, cursos de arbitragem e formação de treinadoras também. Além disso, a Federação Internacional de Futebol também visa melhorar a qualidade das competições femininas, englobando os torneios de seleções e de clubes.

Ainda há muito progresso a ser feito para que o futebol feminino se destaque no país, para isso também se considera criar um plano comercial para a modalidade, gerando conteúdos digitais. 

Mas fato é que para fazer com que haja respeito e reconhecimento da mulher em qualquer área do mercado de trabalho, falar sobre empoderamento e igualdade de gêneros é essencial.

Leia mais sobre:
Esportes