15 de abril de 2024
Eleições 2024 • atualizado em 04/03/2024 às 11:19

“Nunca morei em Anápolis”, justificou Major Vitor Hugo após abandonar pré-candidatura a prefeito

Mesmo não se candidatando, o Major Vitor Hugo busca unir a direita de Anápolis em uma pré-candidatura que represente os ideais do espectro político
O fato de nunca ter morado na cidade fez com que o Major optasse por agir apenas nos bastidores. (Foto: Câmara dos Deputados).
O fato de nunca ter morado na cidade fez com que o Major optasse por agir apenas nos bastidores. (Foto: Câmara dos Deputados).

Durante entrevista na Rádio Bandeirantes Goiânia, na manhã desta quinta-feira (29), o Major Vitor Hugo (PL) fez uma justificativa sobre ter deixado oficialmente a disputa pela Prefeitura de Anápolis. Segundo ele, seu nome estava bem avaliado nas pesquisas, mas o fato de nunca ter morado na cidade fez com que ele optasse por agir apenas nos bastidores. 

“Eu nunca morei em Anápolis, então você se candidatar a prefeito em uma cidade tão importante quanto Anápolis, que é a terceira maior cidade do estado, não pode ser alguém que não conheça profundamente pelo fato de não ter morado lá. É diferente de Goiânia, em que cheguei aqui há 20 anos. Não morei um segundo em Anápolis e tenho que ser coerente com a minha história”, afirmou durante a entrevista. 

Apesar de não se candidatar, Vitor Hugo afirmou que busca unir a direita de Anápolis em torno de uma pré-candidatura que represente os ideais do espectro político. “Tenho trabalhado para encontrar um nome que consiga reunir a direita em torno de si e vou apoiar essa pessoa. Estou conversando com o Wilder Morais (PL) que é nosso presidente estadual para que a gente consiga chegar a esses nomes”.

Eu nunca morei em Anápolis, então você se candidatar a prefeito em uma cidade tão importante quanto Anápolis, que é a terceira maior cidade do estado.

Major Araújo

Alguns nomes já estão no radar do Major, como Márcio Correia, Márcio Cândido, Leandro e Amilton. “São pessoas que de alguma forma estão na direita e aquele que tiver mais bem pontuado nas pesquisas, no momento certo, olhando o jogo nas outras grandes cidades de Goiás será tomada a decisão em relação a Anápolis”, afirmou explicando que se trata de uma visão pessoal sua, que não reflete necessariamente a opinião do partido.

De olho nas pesquisas

Um levantamento divulgado pela Paraná Pesquisas no dia 8 de fevereiro indica que Antônio Gomide lidera em Anápolis. Se a eleição fosse agora, em três cenários diferentes de pesquisa estimulada, o deputado estaria à frente. No primeiro cenário, Gomide aparece com 43,5% à frente do segundo nome, do ex-deputado federal Major Vítor Hugo (PL), com 14,9%, que abandonou a pré-candidatura e do terceiro mais cotado, o deputado federal Márcio Corrêa (MDB), com 13,4%. Mais cenários e detalhes da pesquisa podem ser conferidos aqui: Clique aqui: Paraná Pesquisas

Já a pesquisa feita pelo Instituto Serpes e divulgada pelo Jornal Contexto no dia 23 de fevereiro mostra a preferência ao pré-candidato Antônio Gomide (PT) para ser o próximo prefeito de Anápolis. Em um primeiro cenário, Gomide chega a 57,7% das intenções de voto, seguido de Márcio Correa (MDB), com 8%, seguido pelo vice-prefeito Marcio Cândido (PSD), com 6,8%. 

Na quarta posição o tucano Hélio Lopes (PSDB) aparece com 3%, mesmo percentual de Kim Abrão (Novo). Já Léo Batista (DC) atinge 1,7%, enquanto Rebeca Romero (MDB) tem 1,3%.Pelo PSOL, Eugênio Lourenço Dias tem 0,8%. Nesta pesquisa o nome do Major Vitor Hugo não foi citado. Mais cenários e detalhes da pesquisa podem ser conferidos aqui: Clique aqui: Pesquisa Instituto Serpes


Leia mais sobre: / / / Anápolis / Política

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019