27 de maio de 2024
Limpeza urbana • atualizado em 12/01/2024 às 17:42

Novos caminhões de coleta de lixo alugados pela Comurg começam a operar na segunda (15)

Por meio de pregão eletrônico, a companhia alugou 15 novos caminhões para reforçar o serviço de coleta orgânica e reduzir os problemas de acúmulo de lixo na capital
Os 15 novo caminhões de lixo integrarão a frota atual, que possui 60 veículos compactadores. Foto: Comurg
Os 15 novo caminhões de lixo integrarão a frota atual, que possui 60 veículos compactadores. Foto: Comurg

A Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) alugou 15 novos caminhões de coleta orgânica que começarão a operar na coleta de lixo da capital a partir desta segunda-feira (15). A locação dos veículos foi feita por meio do pregão eletrônico 051/2023 e é válida por 24 meses.

Os novos caminhões foram recebidos nesta sexta-feira (12), na Diretoria de Logística, na sede da Companhia, na Vila Aurora. De acordo com o presidente da Comurg, Alisson Borges, o adicional na frota vai resolver o problema da coleta de lixo da capital. “Estamos utilizando a frota disponível, de aproximadamente 60 veículos, dentre outros maquinários, para realizar a limpeza na cidade, e agora temos mais 15 que vão atender nossas demandas na coleta”, reforçou.

LEIA TAMBÉM: Pré-candidato a prefeito, Bruno Peixoto propõe privatização da coleta de lixo e aterro sanitário

Conforme a Ordem de Serviço (OS), está prevista a contratação de 30 caminhões com motorista, no entanto, inicialmente, serão apenas 15 veículos operando em dois turnos. O diretor de Logística da Comurg, Ronaldo Limberte, explicou que a licitação permite o recebimento de mais caminhões, caso necessário. “Acreditamos que os 15 novos caminhões vão suprir as necessidades da Comurg e resolver problemas com maquinário. Entretanto, caso seja preciso, o contrato permite a aquisição de até mais 15 veículos”, disse.

Os veículos integrarão os trabalhos das 7h às 16h da tarde e das 19h às 04h da manhã. Cada caminhão compactador tem capacidade para armazenar 15 metros cúbicos de lixo. Além da locação dos caminhões, o novo contrato contempla também o serviço de mão-de-obra, a reposição de peças e motorista.

Alisson destacou que, com o reforço, os serviços de coleta serão plenamente restabelecidos na capital. “Com a entrada desses novos veículos compactadores, somados à nossa frota atual, a Comurg terá condições de realizar a coleta orgânica em toda a cidade e ainda terá uma reserva de caminhões disponível para atender qualquer necessidade da Companhia”, explicou o presidente da Comurg.


Leia mais sobre: / / / Cidades

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.