27 de fevereiro de 2024
Empregabilidade

Novo Caged aponta micro e pequenas empresas como maiores empregadoras do país

De acordo com os dados, 71% das 1,78 milhão de vagas de trabalho criadas em 2023 tiveram como origem as micro e pequenas empresas
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Conforme a base de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), micro e pequenas empresas foram as maiores empregadoras do país em 2023. De acordo com o estudo elaborado pelo Sebrae levando em conta os números do Novo Caged, a geração de empregos em micro e pequenas empresas representou 71% das 1,78 milhão de vagas de trabalho preenchidas no Brasil este ano.

Ao todo, micro e pequenas empresas geraram 1,26 milhão de postos de trabalho, enquanto as médias e grandes geraram 372,4 mil vagas, o que equivale a cerca de 21% do total de empregos. Somente no mês de outubro, foram 124,1 mil vagas em micro e pequenas empresas, dentre os 190 mil postos de trabalho gerados, aproximadamente.

Segundo análise do Sebrae, o número representa 65,2% do saldo líquido de contratações efetuadas. Enquanto as médias e grandes empresas foram responsáveis por 69,8 mil novas vagas, equivalente a 36,7% do saldo.

O presidente do Sebrae, Décio Lima, destacou, com base nos números, a importância dos micro e pequenos negócios no país. “São os empreendedores de pequeno porte que têm sustentado o país. São as pessoas que acordam todas as manhãs e fazem o Brasil se movimentar, distribuindo renda, proporcionando inclusão social e a transformação das vidas de bairros e municípios, em todas as regiões. Pela primeira vez na história o Brasil registrou a marca de 100 milhões pessoas ocupadas. E temos uma das menores taxa de desemprego de 7,6%”, pontuou Décio.

Com informações da Agência Brasil


Leia mais sobre: / / Economia

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.