25 de junho de 2022
Eleições 2022

Nova pesquisa do Datafolha mostra Lula com 54% dos votos válidos e Bolsonaro com 30%

Votos válidos são os que excluem brancos e nulos, ou seja, o considerado pela Justiça Eleitoral para declarar o resultado final
Considerando todas as respostas, o petista aparece com 48% das intenções de voto no 1º turno, seguido pelo atual presidente com 27% e Ciro Gomes (PDT) em 3º com 7%
Considerando todas as respostas, o petista aparece com 48% das intenções de voto no 1º turno, seguido pelo atual presidente com 27% e Ciro Gomes (PDT) em 3º com 7%

Uma nova pesquisa divulgada pelo Datafolha nesta quinta-feira (26), trouxe o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com 54% dos votos válidos, seguido por 30% do presidente Jair Bolsonaro (PL). Ou seja, se a eleição fosse hoje, o petista conseguiria se eleger no 1º turno. Isso acontece por que os votos válidos são os que excluem os brancos e nulos, considerado pela Justiça Eleitoral o ideal para declarar o resultado do pleito, caso um dos candidatos tenha 50% de votos mais um.

E relação a pesquisa inteira, Lula aparece com 21 pontos percentuais de vantagem em relação a Bolsonaro. O ex-presidente tem 48% das intenções de voto no primeiro turno e o atual presidente tem 27%, com Ciro Gomes (PDT) aparecendo bem atrás, com 7%. Os outros concorrentes apareceram com 2% ou menos, menos do que quem votaria nulo ou branco, que somam 7%. 4% dos eleitores responderam não saber em quem votar.

A senadora Simone Tebet (MDB) é quem aparece com 2%. Pablo Marçal (Pros) e Vera Lúcia (PSTU) têm 1%. E Felipe d’Avila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP), Eymael (DC), Luciano Bivar (UB) e General Santos Cruz (Podemos) não pontuaram. Vale lembrar que o Datafolha registrou a pesquisa antes da renúncia de Doria, então o nome do tucano chegou a ser testado e obteve 3%.

Continua após a publicidade

A pesquisa foi feita com 2.556 eleitores acima dos 16 anos em 181 cidades de todo o país, nesta quarta (25) e quinta-feira (26). A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou menos. O levantamento foi contratado pela Folha e está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-05166/2022.