logomarcadiariodegoias2017

76361515-341A-4B43-B8A2-1AB2D3345386.jpeg Ao participar, na noite de segunda-feira (19), na Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), de cerimônia em homenagem ao trabalho realizado em seus quatro mandatos, o governador Marconi Perillo ressaltou os grandes investimentos feitos nas mais diversas áreas e o desenvolvimento de Goiás no período. O jantar foi oferecido pelo Fórum Empresarial de Goiás. 

“Sempre me coloquei fortemente ao lado do setor produtivo. Não teríamos atraído tantas empresas se não fossem os incentivos modernos e adequados a cada um dos setores. No que diz respeito à dívida externa, vamos deixar uma trajetória muito melhor do que recebemos, em 1999. No saneamento, saltamos de 12 para 90 estações de tratamento de esgoto; na Saúde, conquistamos a acreditação, com o Certificado ONA, de cinco hospitais da rede estadual; na Segurança Pública, saltamos de 9,5%, em 2011, de investimentos do orçamento anual, para 14,3%, em 2017; e na Cultura, temos seis mil crianças estudando no Basileu França e duas mil no Gustav Ritter; investimos quase cem milhões em cultura somente em 2017”, declarou Marconi. 

O governador, que desincompatibiliza no dia 07 de abril, quando o vice-governador José Eliton assumirá o comando do Palácio das Esmeraldas, também destacou as qualidades do vice. “Embora jovem na política, José Eliton é equilibrado, sensato, culto, capaz, um homem de fé e que conhece a fundo as questões do Estado, afirmou, acrescentando que termina o quarto mandato com a consciência de ter cumprido com o seu dever de chefe do Estado.

O vice-governador José Eliton disse que, de 2011 para cá, teve a oportunidade de acompanhar, no governo do Estado, “o desenvolvimento social e econômico realizado pelo governador Marconi Perillo”.

“Nessa noite de homenagem, faço eco a todas a todas as manifestações. Realço e destaco  o conceito e a política de desenvolvimento do Estado. Com o governador Marconi Perillo, Goiás cresceu significativamente acima da média nacional”, afirmou José Eliton.

Agradecimento  - O presidente da Fieg, Pedro Alves de Oliveira, disse que uma das grandes virtudes do ser humano é a gratidão. “Agradecemos ao governador pelas inúmeras ações e pelas obras fantásticas durante todo o período em que governou Goiás. O Produto Interno Bruto (PIB) goiano saltou de R$ 21 bilhões, em 1999, para de cerca de R$ 200 bilhões, em 2017, graças não somente ao aproveitamento das potencialidades e das riquezas goianas, mas à desenvoltura espetacular do governador, de interação com o setor empresarial e comercial”, discursou Pedro Alves.

Além da Fieg, o Fórum Empresarial de Goiás é integrado pela Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg); Federação das Associações Comerciais e Industriais de Goiás (Facieg); Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Goiás (FCDL); Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio); Associação Comercial, Industrial e de Serviços em Goiás (Acieg) e Associação Pró-Desenvolvimento Industrial de Goiás (Adial).

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH