16 de abril de 2024
SORTEIO

Nota Fiscal Goiana: com 3,7 milhões de bilhetes concorrentes, sorteio é nesta quinta (29)

Além da premiação em dinheiro, programa também pode oferecer desconto de até 10% no valor do IPVA
Segundo a titular da Economia, Selene Peres Nunes, em 2024 será feita a distribuição de R$ 6,9 milhões. (Foto: Reprodução)
Segundo a titular da Economia, Selene Peres Nunes, em 2024 será feita a distribuição de R$ 6,9 milhões. (Foto: Reprodução)

O segundo sorteio de 2024 da Nota Fiscal Goiana será realizado pela Secretaria da Economia de Goiás nesta quinta-feira (29), no Complexo Fazendário. Para a premiação, foram gerados 3.796.505 bilhetes. Vale ressaltar que os participantes devem emitir as notas fiscais com CPF no mês anterior ao sorteio.

A quantidade de bilhetes varia, portanto, os consumidores inscritos no programa Nota Fiscal Goiana podem acessar o site do programa e conferir quanto acumularam para o sorteio, sendo o número máximo 50 por mês, segundo o regulamento. De acordo com o coordenador do programa, Leonardo Vieira de Paula, a regra é uma forma para que todos os participantes tenham chances.

Foram gerados quase 3,8 milhões de bilhetes eletrônicos e, destes, 158 serão sorteados, dividindo um prêmio de R$ 200 mil. Conforme a divisão do valor, um sortudo leva a premiação principal de R$ 50 mil, enquanto outros 157 podem levar R$ 10 mil, R$ 5 mil, R$ 2 mil ou R$ 1 mil.

Inscrição

Para se inscrever no programa da Nota Fiscal Goiana, basta que o interessado faça cadastro no site da Economia, pedindo o CPF na nota fiscal. Há o prêmio em dinheiro, mas o cadastrado pode ganhar também até 10% de desconto no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Além disso, a Nota Fiscal Goiana incentiva o futebol, sendo que o sorteio é feito para times também. O primeiro sorteio será mês que vem.

Nota Fiscal Goiana

Segundo a titular da Economia, Selene Peres Nunes, em 2024 será feita a distribuição de R$ 6,9 milhões. “Ao pedir a nota fiscal, o consumidor garante que o imposto está sendo recolhido para ser utilizado em áreas como saúde e educação, por exemplo, e contribui no combate à sonegação e à concorrência desleal”, ressalta.

Na edição de janeiro, 4,79 milhões de bilhetes foram emitidos e, de acordo com o coordenador da Nota Fiscal Goiana, o resultado está associado à conscientização da população.


Leia mais sobre: / / / / Notícias do Estado

Maria Paula

Jornalista formada pela PUC-GO em 2022 e MBA em Marketing pela USP.