20 de maio de 2024
Promessas • atualizado em 25/04/2024 às 11:04

“Nos primeiros cem dias não vai ter uma criança fora da creche”, promete Mabel para Goiânia

O pré-candidato a prefeito de Goiânia afirma que fará mudanças importantes na Educação, no trânsito e na administração da capital
Sandro Mabel falou sobre as propostas de campanha para prefeito de Goiânia. Foto: Diário de Goiás
Sandro Mabel falou sobre as propostas de campanha para prefeito de Goiânia. Foto: Diário de Goiás

Em estruturação da campanha eleitoral, o pré-candidato à prefeitura de Goiânia pelo União Brasil, Sandro Mabel, já pensa nas propostas para a capital. Em entrevista exclusiva ao editor do Diário de Goiás, Altair Tavares, o escolhido de Caiado pontuou as principais questões que a cidade enfrenta atualmente e o que pretende fazer para resolver os problemas da Educação, Mobilidade, Saúde e Finanças do Município. 

Mabel destaca que, se eleito, seu foco será na Educação, que no momento segue com déficit de profissionais e com falta de vagas para atender a demanda de alunos. “Nos primeiros cem dias não vai ter uma criança fora da creche”, prometeu o pré-candidato. De acordo com ele, em seu mandato o déficit de vagas não será uma questão. “Tem oito mil crianças ou déficit, pelo menos, que colocam aí, fora da creche. Vamos colocar as oito mil dentro da creche. Vamos fazer convênios com essas creches de igreja católica, evangélica, rotary-clube, outros serviços, outras pessoas para atender isso. Nós vamos estar fazendo uma série de convênios, vamos dizer assim, para que a gente possa ir colocando todas essas crianças”, acrescentou. 

Além disso, ele pretende estender o horário de atendimento das unidades, de modo a atender as necessidades dos pais e responsáveis. “Todo mundo entra na mesma hora e sai na mesma hora. Negativo! A mãe às vezes precisa deixar o menino mais tarde, precisa entregar mais cedo. Então, nós temos que ter gente que vai entrar mais cedo e sair mais cedo. Outros que vão entrar mais tarde e vão sair mais tarde. Você tem que atender a necessidade da mãe não é a necessidade da creche”, elaborou Mabel.

Mobilidade Urbana

Outra questão que será resolvida, conforme Mabel, é o trânsito da capital. O pré-candidato afirma que já está fazendo pesquisa de campo, ouvindo motoristas e elaborando possíveis resoluções para a mobilidade urbana de Goiânia. “Conversei com a cooperativa dos motoristas de vans, com a cooperativa dos motociclistas, com os táxis e com os aplicativos e os entregadores, para que eles tragam para mim. Nós vamos concentrar num lugar para estudar isso, todos os pontos que eles acham que são gargalos e qual é a solução que eles acham que poderia dar para andar. É o cara que opera a cidade, o pessoal que anda dentro da cidade”, disse Sandro. 

Segundo ele, as propostas em estudo vão desafogar o trânsito na cidade, promovendo agilidade e descongestionando os principais gargalos nas vias. “O trânsito vai andar 30%, 40% mais rápido”, prometeu Mabel. 

Subprefeituras e administração

Para atender todas as demandas em diferentes pastas, o pré-candidato pretende apostar em subprefeituras, divididas em nove administrações regionais. “Nós vamos colocar gestor que bota a cidade para andar”, pontuou. A promessa é que as principais propostas comecem a ser implementadas nos 100 primeiros dias de gestão. “Essas coisas têm que ir mudando, são simples de serem feitas. Nós vamos fazer com 100 dias. As administrações regionais vão cuidar de uma parte de poder acelerar isso daí”, destacou. 

De acordo com o pré-candidato, os planos começarão a ser postos em prática antes mesmo da posse. “Eu não posso fazer as coisas só por parte, o tempo é curto”. E acrescentou: “Não vou ficar esperando, não. Nós vamos fazer uma série de coisas, inclusive leis, decretos, uma série de coisas que eu preciso fazer para fazer uma gestão boa. No dia 2 de janeiro vai estar na Câmara para ser votado”, reiterou Mabel.


Leia mais sobre: / / / Eleições 2024 / Política

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.