27 de maio de 2024
Tragédia

Neta mata avó asfixiada e coloca fogo no corpo, em Pontalina

Segundo a polícia a neta tem problema de depressão. Após o crime ela se entregou e demonstrou arrependimento
Delegacia da Polícia Civil de Pontalina. (Foto: Reprodução / Polícia Civil)
Delegacia da Polícia Civil de Pontalina. (Foto: Reprodução / Polícia Civil)

Na tarde desta terça-feira (16), uma neta de 28 anos matou a avó, de 69 anos asfixiada e em seguida colocou o corpo da vítima em uma mala e ateou fogo, na cidade de Pontalina, região Sul de Goiás. De acordo com a Polícia Civil a neta utilizou um cinto para cometer o crime.

Segundo a corporação, a neta disse que a avó era o motivo para problemas familiares e acreditava que ela foi culpada por sua mãe sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Conforme explica a Polícia Civil, a neta ainda tentou abrir uma cova no quintal de casa dias antes de cometer o crime, o que mostra indícios de que ela já estava planejando o crime, segundo a PC.

LEIA TAMBÉM: Jovem é internado com monkeypox, faz alerta e relata na internet sobre sintomas: “dor terrível”

Após o crime a neta ligou para a Polícia Militar relatando tudo que teria acontecido e se mostrou arrependida. Segundo a polícia, e neta tem problema de depressão. Ela foi presa em flagrante e vai responder pelo crime de homicídio qualificado.


Leia mais sobre: / / Cidades

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.