13 de junho de 2024
Destaque • atualizado em 20/12/2021 às 18:04

Nas redes sociais, Padre Robson publica mensagem sobre incompreensão e julgamento

Foto: Arquivo/Santuário do Divino Pai Eterno
Foto: Arquivo/Santuário do Divino Pai Eterno

Após decisão de arquivamento das investigações do Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) em torno do Padre Robson de Oliveira, o religioso voltou a utilizar suas redes sociais, neste domingo, 19. Em seu perfil, foi publicado, depois de dezesseis meses de silêncio, um post direcionado a um vídeo de seu canal no YouTube.

“Por vezes, acabamos não compreendendo os desígnios de Deus em nossa vida. Muitas vezes, ficamos até perdidos diante dos acontecimentos e dos fatos que não compreendemos, que não entendemos. É preciso aprender com São José a submissão a Deus na oração e no silêncio da escuta”, escreveu o sacerdote.

Intitulada como “Benção da Noite”, a publicação contém um aúdio reflexivo, de sua autoria, com mensagens bíblicas. Entretanto, Padre Robson faz citações indiretas a respeito de julgamentos, incompreensões e perdão, ao elucidar a história de José e Maria.

“Meu irmão e minha irmã, vamos olhar hoje esta palavra, e olhar principalmente para a figura de José. Homem justo, temente a Deus, de santidade inigualável. Nem José compreendeu direito o que aconteceu com Maria, o que Deus realizava na vida de nossa mãe santíssima”, pontuou.

Padre Robson afirmou que tal fato é, humanamente, difícil de ser compreendido. Em seguida, destacou que, da mesma forma, existem desígnios de Deus em nossas vidas, também difíceis de compreender. “Muitas vezes não entendemos e ficamos até perdidos diante de alguns acontecimentos e fatos que nós não compreendemos e não conseguimos nem mesmo racionalizar. Portanto, ficamos perdidos”, pontuou.

“Tem coisas que acontecem em nossas vidas, que acabam criando marcas, acabam deixando surpresas, nos pegando de surpresa. Por isso é que diante daqueles fatos em nossas vidas que não conseguimos explicar, é preciso aqui o ensinamento do José”, acrescentou. 

O religioso disse ainda, ser necessária a “submissão na oração, no silêncio e na escuta”, com a ressalva de que “devemos nos colocar e colocar também as pessoas nas mãos de Deus e deixar que ele guie os nossos corações e aqueles corações de acordo com a luz do seu espírito, para que nunca sejamos levados pelos sentimentos do coração que muitas vezes trazem também o equívoco”.

Padre Robson é investigado por suspeitas de crimes praticados supostamente com desvio de dinheiro proveniente de doação de fiéis à Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), onde era presidente. A recente publicação repercutiu em suas redes sociais, com mensagens de apoio e comemoração pela quebra de silêncio do religioso, por parte de fiéis que o apoiam.


Leia mais sobre: / / / Cidades / Destaque