17 de agosto de 2022
Eleições • atualizado em 28/06/2022 às 16:08

Não dá para esconder que o Republicanos está rachado, diz pré-candidato a deputado federal

O partido tem duas alas: uma que está com Gustavo Mendanha, e outra que apoia a reeleição de Ronaldo Caiado
A ala governista é liderada pelo prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Foto: Divulgação)
A ala governista é liderada pelo prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Foto: Divulgação)

Pré-candidato a deputado federal pelo Republicanos, o ex-secretário de Segurança Pública Rodney Miranda disse, em entrevista à Rádio Bandeirantes, que “a gente não pode esconder que o partido está rachado, e que isso enfraquece qualquer um”.

O deputado federal e presidente estadual do partido, João Campos, foi anunciado como o pré-candidato a senador na chapa do ex-prefeito de Aparecida de Goiânia Gustavo Mendanha (Patriota). No entanto, há uma outra ala da legenda que apoia a reeleição do governador Ronaldo Caiado (União Brasil).

Rodney Miranda, porém, fez uma ressalva em relação ao seu comentário. “Vamos esperar as convenções. Acho que essa questão não está totalmente fechada, na minha opinião”, afirmou.

Continua após a publicidade

De acordo com ele, que revelou ter cogitado ser o nome do Republicanos para a disputa pelo Senado, o processo de definição de aliança com Caiado ou Mendanha não causou rusgas internas, nem discussões mais acirradas. Os posicionamentos foram “sempre com muita firmeza, mas com todo o respeito”.

Na entrevista, o ex-secretário de Segurança Pública destacou que, dos 17 pré-candidatos a deputado federal do partido, 12 estão com o atual governador. A ala governista, liderada pelo prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, se reuniu, na noite de segunda-feira (27), para reforçar o apoio a Caiado.

“Prefeito Rogério Cruz, essa sua liderança no dia de hoje mostra para Goiás e o Brasil que quem tem voto, que quem realmente representa o Republicanos em Goiás, está aqui no palanque mostrando a força do partido”, declarou Caiado.

Continua após a publicidade

LEIA TAMBÉM: Maioria do Republicanos permanece com Caiado: “Apenas João Campos achou que seria melhor estar com Mendanha”, destaca Rafael Gouveia

Leia mais sobre:
Política