13 de abril de 2024
EM IPORÁ

Naçoitan Leite tem prisão revogada mediante uso de tornozeleira eletrônica

Naçoitan é denunciado por invadir a casa da ex-esposa em novembro e atirado contra ela e o namorado dela
Naçoitan teria entrado na residência com uma caminhonete e disparado 15 vezes contra o quarto que o casal estava. (Foto: PCGO)
Naçoitan teria entrado na residência com uma caminhonete e disparado 15 vezes contra o quarto que o casal estava. (Foto: PCGO)

O prefeito afastado de Iporá, Naçoitan Leite, foi solto na tarde de sexta-feira (16) após decisão judicial tomada pelo Juiz Wander Soares Fonseca. A autoridade revogou a prisão do político, mas determinou o uso da tornozeleira eletrônica como medida cautelar. Naçoitan é denunciado por invadir a casa da ex-esposa em novembro e atirado contra ela e o namorado dela.

A tornozeleira eletrônica deve ser instalada em até três dias após a liberação da prisão, de acordo com o Juiz. Além disso, a medida cautelar impede que Naçoitan Leite se aproxime da ex-esposa e dos familiares da mulher.

Durante depoimento para a Polícia Civil, o prefeito afastado Naçoitan Leite afirmou que misturou bebida alcoólica e remédios na noite do dia 17 de novembro. O político foi preso cinco dias depois do acontecimento, se tornando réu pela Justiça no dia 23 de novembro.

A decisão da Justiça foi comemorada pela defesa de Naçoitan Leite, que foi recebido com festa e louvor em Iporá. “Ficamos satisfeitos que a justiça prevaleceu, que o Judiciário reconheceu o que a defesa já dizia desde o início: não havia motivos para prisão preventiva. Não havia sequer condenação. Ele tem o direito de responder em liberdade e demonstrar que nunca teve intenção de fazer mal à ex-esposa nem a ninguém. Ele se desculpou com ela durante a audiência e com toda a população de Iporá. Naçoitan deve retornar à prefeitura ainda hoje e continuar exercendo o cargo para o qual foi eleito”, afirmam.

Prisão

Naçoitan Leite foi preso após se entregar para a Polícia Civil cinco dias após invadir a casa da ex-mulher e a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Iporá realizou a oitiva do suspeito.

De acordo com a Polícia, Naçoitan teria entrado na residência com uma caminhonete e disparou 15 vezes no quarto onde a ex-mulher estava com o namorado.

No dia 23 de novembro, por meio das redes sociais, Naçoitan publicou que se apresenta “nesse momento às autoridades policiais de forma espontânea” e que irá colaborar “com a Justiça em tudo que for necessário”. De acordo com o prefeito, ele decidiu se apresentar em Iporá, onde deve esclarecimentos para a população que confiou a ele o cargo de prefeito do município.

Entenda o caso

Imagens da câmera de segurança da casa da ex-mulher do prefeito mostram o momento em que ele invade a casa usando uma caminhonete. O caso aconteceu durante a madrugada do dia 18 de novembro.

Os vídeos mostram que Naçoitan chega até a casa por volta de 1h da manhã, para a caminhonete na porta, desde e acelera em direção ao portão. Em seguida ele entra e fica cerca de três minutos na casa.

A caminhonete utilizada foi apreendida quatro dias após o crime, mas o prefeito ainda estava foragido.


Leia mais sobre: / / / / Cidades

Maria Paula

Jornalista formada pela PUC-GO em 2022 e MBA em Marketing pela USP.