13 de agosto de 2022
Eleições 2022

Na corrida pelo Senado, Zacharias Calil está confiante que herdará os votos de Marconi Perillo 

Após desistência do ex-governador, médico está confiante que crescerá nas pesquisas
Após desistência do ex-governador, Zacharias Calil está confiante que crescerá nas pesquisas
Após desistência do ex-governador, Zacharias Calil está confiante que crescerá nas pesquisas

Após a confirmação que o ex-governador Marconi Perillo (PSDB-GO) irá mesmo disputar o governo de Goiás na tentativa de retomar pela quinta vez a administração pública, o deputado federal Zacharias Calil (União Brasil-GO) também ficou confiante que sem o tucano, poderá herdar seus votos e alavancar ainda mais seu nome nas pesquisas de intenção de voto.

LEIA TAMBÉM: Pré-candidato ao Senado, Zacharias Calil defende criação de bancada dos médicos no Congresso

“Eu acho que é uma questão positiva. É interessante saber para onde vão migrar os votos do ex-governador e eu poderia ser muito beneficiado em relação a isso. Eu vejo isso de forma esperançosa. Acredito que esses votos possam vir especialmente para mim”, disse em entrevista ao Diário de Goiás nesta segunda-feira (18/07).  Até então, o tucano liderava as pesquisas de intenção de voto ao Senado Federal, mas o deputado federal delegado Waldir Soares (União Brasil-GO) vinha em sua cola.

Continua após a publicidade

Agora, Soares consolida-se na frente, mas Zacharias Calil, que abriu sua pré-campanha ao Senado Federal há pouco tempo, espera crescer nas pesquisas e embolar o cenário. O problema é que Waldir acabou se tornando o principal concorrente para consolidar sua candidatura. Como ambos são do mesmo partido, um deles deve abdicar do posto. 

O médico diz que não tem vaidades quanto a mudança de cargo. Não está ‘obcecado pelo poder’, ressalta. Apesar de ‘legítimo sua posição’, pode mudar e que acredita num acordo para que a situação seja contornada.  “É uma situação que precisaremos chegar a um acordo e contornar ela. Até lá, certamente terão novas pesquisas e o governador vai fazer a opção por ela e definir qual candidato terá melhores condições”, salienta.

“Eu não estou obcecado pelo poder. Já conversei com o governador Ronaldo Caiado e com o presidente do partido, Luciano Bivar, que estou tranquilo em relação a isso. Deu certo, deu, não deu certo não deu. Eu volto para minha posição ou iria para a reeleição tranquilamente. Eu acho que é legítima minha posição, de lutar por essa vaga”, destaca Zacharias Calil.

Continua após a publicidade

Caso seja preterido da disputa pelo Senado, qual seria seu rumo? “Nesse momento o coração tá falando para eu falar parar. Tudo pode mudar até o dia 5. A Câmara tem sido muito bom, positivo. Acho que cresci muito para um deputado de primeiro mandato. Mas é complicado, temos de pensar na gente, na família. Não tenho 100% de certeza se eu vou continuar na política se eu não for ao Senado”, conclui.