logomarcadiariodegoias2017

lula ftoo Ricardo Stuckert.jpeg

O partido Podemos, uma das principais formações de esquerda na Espanha, criticou a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em um comunicado enviado à Folha de S.Paulo nesta sexta-feira (6), seu porta-voz no Parlamento Europeu, Miguel Urbán, afirmou que "a condenação do ex-presidente é mais um passo na senda antidemocrática que o Brasil está vivendo nos últimos anos".

"Esta condenação e a ameaça do general Eduardo Villas Bôas de intervir militarmente no país nos fazem lembrar da época mais escura da história recente do Brasil, com a ditadura que começou em 1964."

As críticas do Podemos ao governo de Michel Temer, que o partido descreve como "ilegítimo", têm sido frequentes nos últimos meses. Deputados desse partido vêm pedindo, nesse sentido, que as negociações entre a União Europeia e o Mercosul para um acordo de livre comércio sejam paralisadas como represália ao processo político brasileiro.

O eurodeputado Xavier Benito, dessa sigla, é vice-presidente da delegação do bloco econômico para as conversas com o Mercosul. Também em um comunicado nesta sexta-feira, ele disse que o pedido de prisão de Lula é "político".

"Condenamos a política autoritária do governo ilegítimo de Temer, que se traduziu em um aumento da violência política e social, com a intervenção armada do Exército no estado do Rio de Janeiro e em cujo contexto se produziu o assassinato da ativista Marielle Franco", disse.

"O Brasil não cumpre as condições democráticas mínimas, como demonstram estes fatos recentes que temos denunciado há tempos." (Folhapress) 

Leia mais:

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH