19 de junho de 2024
Destaque

Mulher é presa suspeita de entregar mais de 1,5 mil papéis de LSD dentro de pão ao filho detento, em Aparecida de Goiânia

Mulher é presa suspeita de entregar LSD em pão ao filho detento. ( Foto: Divulgação/DGAP)
Mulher é presa suspeita de entregar LSD em pão ao filho detento. ( Foto: Divulgação/DGAP)

A mãe de um detento da Casa de Prisão Provisória de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, foi presa suspeita de tentar entregar drogas ao filho dentro do presídio. Segundo informações dos agentes penitenciários, foram encontrado 1.594 mil papéis que seriam de LSD escondidos dentro das fatias de pão que a visitante levava.

De acordo com a  Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP), o flagrante foi feito na tarde da última sexta-feira (6). A suspeita tem 55 anos foram levados a uma delegacia de Aparecida de Goiânia para serem ouvidos pela Polícia Civil.

A DGAP descreveu que a vistoria de tudo que é levado por visitantes para dentro dos presídios é padrão. A diretoria detalhou que o objetivo é “coibir a entrada de materiais ilícitos nas unidades prisionais e manter a ordem e a disciplina nos presídios”.

Também segundo o órgão, a 1° Coordenação Regional Prisional (CRP) da qual a CPP de Aparecida faz parte instaurou um procedimento para investigar a tentativa da mulher de entrar com as drogas.

Leia também:


Leia mais sobre: / / Aparecida de Goiânia / Destaque

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.