20 de maio de 2024
Desdobramentos

Mulher é presa no Ceará, suspeita de ajudar fugitivos do presídio de Mossoró

A prisão da suspeita é um desdobramento da operação realizada em residências no Ceará
Penitenciária de Mossoró. Foto: SNPP/Gov
Penitenciária de Mossoró. Foto: SNPP/Gov

Uma mulher suspeita de ajudar na fuga dos presos Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento da Penitenciária Federal de Mossoró, em fevereiro deste ano, foi presa pela Polícia Federal. A mulher estava sendo investigada, e foi detida preventivamente na última sexta-feira (26), na cidade de Aquiraz, no Ceará.

De acordo com a Polícia Federal, a principal linha de investigação é de que a mulher tenha dado abrigo aos fugitivos. A prisão é desdobramento da operação policial realizada em 22 de fevereiro deste ano, quando a Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO) do Ceará apreendeu 24 kg de maconha, uma pistola e munições em uma residência do município cearense.

Durante as investigações, a participação efetiva da mulher no grupo criminoso foi confirmada a partir dos objetos apreendidos. A partir das descobertas, a Polícia identificou a existência de uma associação criminosa dedicada ao tráfico na cidade de Aquiraz e na região vizinha.

Os fugitivos foram recapturados em Marabá (PA) no dia 4 de abril, 50 dias após a fuga. Os fugitivos foram presos com mais quatro pessoas. Também foram apreendidos um fuzil e aparelhos celulares. A polícia apurou que os presos foram ajudados por criminosos das mesmas facções.

Com informações da Agência Brasil


Leia mais sobre: / / Geral

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.