18 de agosto de 2022
Não resistiu • atualizado em 27/06/2022 às 16:55

Morre idoso baleado dentro de farmácia em Goiânia; ex-genro é suspeito

Segundo a Polícia Civil o suspeito disparou contra o idoso após ficar sabendo que ele havia sido denunciado à polícia por ameaçar a ex-namorada
(Foto: Reprodução / Imagens de segurança).
(Foto: Reprodução / Imagens de segurança).

Um policial civil aposentado de 62 anos, morreu após ser baleado dentro de uma farmácia, em que era sócio, localizada no Setor Bueno, em Goiânia no começo da tarde desta segunda-feira (27). O suspeito de atirar é um ex-genro da vítima. Segundo a Polícia Civil, ele teria disparado contra o idoso após ficar sabendo que ele havia sido denunciado à polícia por ameaçar a ex-namorada.

A vítima chegou a ser levada para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com informações de testemunhas, no momento dos disparos, ouviram uma mulher gritando. Logo em seguida, viaturas da Polícia Militar chegaram ao local, mas o suspeito já tinha fugido.

Na última semana, o suspeito foi nomeado para o cargo comissionado de gerente de sinalização de trânsito de Goiânia. Mas a Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM), informou que isso não tem relação com o crime. Ainda em nota, a pasta lamentou o crime e informou que ele será exonerado.

Continua após a publicidade

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o inquérito já foi instaurado, o suspeito já foi identificado e os agentes estão em campo para localiza-lo. Após o crime ele fugiu em um carro branco. Em nota a Polícia Civil de Goiás lamentou a morte do idoso.

Leia também: