18 de julho de 2024
Luto na música • atualizado em 20/06/2024 às 07:57

Morre Chrystian, cantor que fez dupla com Ralf, aos 67 anos

A informação foi confirmada pela família do artista na noite desta quarta-feira (19), sem citar a exata causa da morte
O artista que tratava, desde o ano passado, de problemas no rim, já havia cancelado um show marcado para este sábado (22). (Foto: Divulgação).
O artista que tratava, desde o ano passado, de problemas no rim, já havia cancelado um show marcado para este sábado (22). (Foto: Divulgação).

José Pereira da Silva Neto, cantor artisticamente conhecido como Chrystian e famoso pela dupla sertaneja com Ralf, morreu aos 67 anos no hospital Samaritano, em São Paulo. A informação foi confirmada pela família do artista na noite desta quarta-feira (19), sem citar a causa da morte. “Chrystian viverá para sempre em nossos corações e através de sua música, que continuará a inspirar e emocionar a todos”, escreveu a família, em nota.

O artista que tratava, desde o ano passado, de problemas no rim, já havia cancelado um show marcado para este sábado (22), em Franco da Rocha. Ele foi hospitalizado na própria quarta, mas a assessoria também não deu detalhes do motivo. A nota apenas explicou que ele estava “com uma condição médica que exige repouso imediato e tratamento especializado”.

Saúde debilitada de Chrystian

Chrystian foi diagnosticado com rim policístico. A condição exige um transplante, que havia sido marcado para março, mas que acabou sendo adiado para o fim deste ano. A mulher dele, Key Vieira, faria a doação do órgão. Devido ao uso de medicação para afinar o sangue para um cateterismo durante os exames pré-operatórios, o procedimento só poderia ser realizado após seis meses.

Apesar da condição, ele continuou com a agenda de compromissos. A expectativa era esperar até o momento em que o transplante pudesse ser realizado.

Música e carreira

Nascido em Goiânia e registrado como José Pereira da Silva Neto, Chrystian mudou-se para São Paulo quando tinha nove anos com Ralf e o pai deles, Mário Silva. De início, ele cantava músicas em inglês ao lado do irmão. Seu primeiro sucesso foi “Don’t Say Goodbye”.

Nos anos 80, a dupla passou para o sertanejo e suas canções, constantemente, apareciam nas trilhas de novelas. Chrystian seguia, desde 2021, carreira solo. A parceria musical inclui sucessos como “Nova York”, “Chora Peito” e “Minha Gioconda” (Mia Gioconda), que integrou a trilha sonora de O Rei do Gado (1996-1997). Chrystian seguia, desde 2021, carreira solo.


Leia mais sobre: / Brasil / Variedades

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019