26 de junho de 2022
Topo do mundo • atualizado em 17/05/2022 às 19:17

O mais alto protesto contra Bolsonaro: brasileiro escala Monte Everest e faz manifesto contra presidente

Atleta estava acompanhado de um grupo de pessoas com outros três brasileiros, Joel Kriger, Ludmila Lucas e Gabriel Bassanesi
Gabriel Tarso também é fotógrafo e chegou ao cume pela segunda vez. Nesta ocasião, publicou a foto na internet com um texto em protesto contra o atual presidente. (Foto: reprodução/Instagram)
Gabriel Tarso também é fotógrafo e chegou ao cume pela segunda vez. Nesta ocasião, publicou a foto na internet com um texto em protesto contra o atual presidente. (Foto: reprodução/Instagram)

O fotógrafo e montanhista brasileiro Gabriel Tarso alcançou, pela segunda vez na vida, o cume do Monte Everest junto a um grupo de pessoas neste domingo (15). Dessa vez, porém, ao chegar na montanha que tenha cerca de 8,8 km, o atleta levou consigo uma bandeira com a frase “Fora Bolsonaro”. Junto da foto, publicada em seu instagram, ele deixou um texto em forma de protesto contra o atual presidente. Confira o texto na íntegra:

Na manhã do dia 15 de maio de 2022 cheguei ao topo do mundo outra vez, o Monte Everest. Muito obrigado a todos que torceram por mim!

Dessa vez, dedico esse segundo cume àqueles que nunca se calaram nos últimos 4 anos, mas especialmente àqueles que silenciaram suas vozes. Àqueles que, assim como eu, aprenderam da forma mais amarga que todo silêncio tem seu preço.

Continua após a publicidade

Esse segundo cume é para todos que têm uma segunda chance para fazer diferente em outubro e gritar por um Brasil melhor, pra que a gente possa voltar a sentir orgulho do verde e amarelo, seja nas ruas de uma cidade do interior ou no ponto mais alto do planeta.

Só pra lembrar: ‘O que me preocupa não é o grito dos maus, mas o silêncio dos bons’.

No momento ele e os outros brasileiros com quem subiu o monte, Joel Kriger, Ludmila Lucas e Gabriel Bassanesi, estão retornando para o Acampamento Base onde devem chegar até esta quarta-feira (18). Valeu reforçar que o montanhista curitibano, Joel Kriger, foi o primeiro do grupo de brasileiros a chegar ao cume do Everest e o mais velho a conquistar o “topo do mundo”, como é conhecido. Ele tem 68 anos de idade e virou atleta aos 50.

Continua após a publicidade

Ele foi seguido pelo casal, Ludmila e Gabriel Bassanesi, que treinou por mais de três anos com o objetivo de chegar ao cume do Everest, já que os três pertencem a um time da Grade 6 Expedições. Já Gabriel Tarso escalou acompanhando a expedição de outro grupo. Até o momento mais de 280 montanhistas chegaram ao cume do Everest nesta temporada.