13 de abril de 2024
Crise

Microsoft se torna a mais valiosa do mundo e outras empresas de tecnologia promovem demissão em massa

A Alphabet, da Google, a Amazon e outras tem demitido centenas de profissionais
Em um momento o valor de mercado da Microsoft ficou em US$ 2,888 trilhões, enquanto a Apple valia US$ 2,887 trilhões. (Foto: divulgação)
Em um momento o valor de mercado da Microsoft ficou em US$ 2,888 trilhões, enquanto a Apple valia US$ 2,887 trilhões. (Foto: divulgação)

Foi por pouco tempo, mas Microsoft chegou a ultrapassar a Apple como a empresa de maior valor de mercado no mundo nesta quinta-feira (10). Em um momento do dia, a Apple valia US$ 2.896 trilhões e ocupava a liderança novamente, enquanto a Microsoft registrava US$ 2.845 trilhões, segundo a Bloomberg, mas teve aumento das ações em 1,5%, dando à empresa um valor de mercado de US$ 2,888 trilhões, enquanto a Apple mostrava retração de 0,5%, com uma capitalização de US$ 2,887 trilhões.

A saída momentânea da Apple do primeiro lugar não acontecia desde 2021, quando o valor da empresa ficou abaixo da Microsoft novamente na época.

Apesar de ambas estarem em alta há tanto tempo lucrando cada vez mais, o mesmo não deve estar acontecendo com outras empresas de tecnologia. A Alphabet, empresa controladora do Google, por exemplo, demitiu centenas de funcionários que trabalham na Google Assistant e na equipe de hardware de realidade aumentada. Também foram afetados pelos cortes os funcionários da central de engenharia da empresa. As informações são do O Globo.

Além da Alphabet, a Amazon também demitiu centenas de funcionários em unidades de criação de conteúdo, incluindo Prime Video e o site de transmissão ao vivo Twitch. A Unity Software, que cria a tecnologia que sustenta jogos móveis populares como Pokemon Go, também anunciou que reduzirá sua equipe demitindo cerca de 1.800 pessoas.


Leia mais sobre: Tecnologia