27 de fevereiro de 2024
TURNÊ EVANGÉLICA

Michelle Bolsonaro manterá viagem para tour religioso nos EUA, mesmo após operação da PF

Viagem estava programada para turnê em igrejas evangélicas com Damares Alves; ambas vão manter agenda que inclui cobrança de ingressos e sessão exclusiva com elas por US$ 103
Ex-primeira-dama manterá viagem aos EUA após operação da PF atingir Jair Bolsonaro foto Agência Brasil
Ex-primeira-dama manterá viagem aos EUA após operação da PF atingir Jair Bolsonaro foto Agência Brasil

A ex-primeira-dama, Michelle Bolsonaro, vai manter uma viagem programada para os Estados Unidos, apesar da operação da Polícia Federal que atingiu o marido, Jair Bolsonaro. O ex-presidente e pessoas próximas a ele foram alvo da PF nesta quinta-feira (8). Dias antes, Michelle havia anunciado para os próximos dias uma turnê por igrejas evangélicas junto com a ex-ministra e senadora Damares Alves.

Como informou o Diário de Goiás hoje, a PF realizou buscas e apreensões, além de efetuar prisões no contexto da investigação sobre uma tentativa de golpe para manter o ex-presidente no poder. O passaporte de Bolsonaro, por exemplo, foi apreendido. Além disso, ele está proibido de manter contatos com outros investigados. Entre os investigados está Valdemar Costa Neto, presidente de seu partido, o PL, e que acabou preso durante a operação, mas por porte ilegal de arma de fogo.

Igrejas estão esperando, diz Damares a jornal

Ao portal Metrópoles, Damares afirmou que, mesmo após a operação, a viagem com Michelle está mantida. “Claro (que está mantida). São várias igrejas nos esperando”, disse a senadora na tarde desta quinta.

Já a assessoria de Michelle confirmou ao jornal O Globo a disposição de também manter o tour evangélico, apesar da operação da PF contra o marido. “Nada mudou e a viagem está mantida”, informaram os assessores, divulgou o jornal.

A agenda de Damares e Michelle começa na segunda-feira (12). Elas terão eventos entre os dias 12 e 16 de fevereiro nas cidades de Orlando e Pompano Beach, no estado da Flórida. Também terão eventos em Atlanta, capital do estado da Geórgia; e em Boston, capital de Massachusetts.

Ingressos

Conforme informou O Globo, os ingressos para ver as brasileiras variam entre US$ 45 e US$ 95. Além disso, valor mais caro é destinado para quem deseja garantir uma entrada antecipada, mais um livro escrito por Damares e ainda um “meet and greet” (uma sessão de fotos exclusiva com as palestrantes). O custo total para os interessados também nesse momento exclusivo é de US$ 103 (aproximadamente R$ 506).


Leia mais sobre: / / / Brasil / Política

Marília Assunção

Jornalista formada pela Universidade Federal de Goiás. Também formada em História pela Universidade Católica de Goiás e pós-graduada em Regulação Econômica de Mercados pela Universidade de Brasília. Repórter de diferentes áreas para os jornais O Popular e Estadão (correspondente). Prêmios de jornalismo: duas edições do Crea/GO, Embratel e Esso em categoria nacional.