09 de agosto de 2022
Reajuste

Mendanha e Sintego entram em acordo e Aparecida concederá 20% de aumento para professores

Os professores da rede municipal de educação em Aparecida terão 20% de reajuste após acordo com sindicato
Secretário de Educação, Divino Gustavo e da Fazenda, André Rosa participaram da reunião (Foto: Prefeitura de Aparecida)
Secretário de Educação, Divino Gustavo e da Fazenda, André Rosa participaram da reunião (Foto: Prefeitura de Aparecida)

Após rodada de negociação entre representantes da Prefeitura de Aparecida e o Sintego, o prefeito Gustavo Mendanha (sem partido) anunciou o aumento salarial de 20% para os professores de diferentes níveis da carreira, sendo 10% retroativo à 1º de janeiro e 10% a partir da folha de pagamento de maio. “Em Aparecida, valorizamos os profissionais da Educação, que são essenciais na formação dos nossos estudantes. Por isso, fazemos a valorização de toda a carreira e assim evitamos o achatamento da carreira”, afirmou.

O acordo se deu após encontro com a presidente do Sindicato do Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego), Bia Lima, e o presidente do Sintego Regional de Aparecida, Valdeci Português.  A categoria aprovou o acordo do sindicato com a Prefeitura em assembleia geral nesta sexta-feira, 18. A mesa de permanente diálogo entre os representantes dos trabalhadores em educação conta com a participação dos secretários André Rosa (Fazenda) e Divino Gustavo (Educação).

“Essa é uma valorização dos professores de Aparecida e reforça o compromisso da gestão em valorizar o profissional e, claro, a educação pública do nosso município”, pontuou o secretário de Educação, Divino Gustavo. 

Continua após a publicidade

Além do aumento salarial, a rodada de negociação entre Prefeitura e o Sintego também fechou acordo para que a Secretaria Municipal de Educação volte a lançar o quinquênio – adicional por tempo de serviço – que estava suspenso em razão Lei Federal Complementar 173. A legislação proibia as prefeituras de concederam benefícios até 31 de dezembro de 2021 em virtude da pandemia.

“A gestão do prefeito Gustavo Mendanha segue cumprindo o compromisso de pagar a data base de todos servidores e isso demonstra também a gestão fiscal de excelência em honrar os compromissos com servidores e fornecedores”, destacou o secretário da Fazenda, André Rosa. Todas as reivindicações da categoria passaram por estudo de impacto orçamentário. 

O secretário ainda acrescentou que a prefeitura tem consolidado diálogo com todas as categorias. “Uma marca da nossa atual gestão é o diálogo permanente que temos tido com todas as categorias. Só assim a gente consegue avançar nas propostas e negociações”, concluiu.

Continua após a publicidade