26 de maio de 2024
Confusão

Médico e paciente trocam cadeiradas durante briga em unidade de saúde de Luziânia

O médico teve alguns machucados e contou que teve uma lesão no tendão da mão, e que um dos dedos dele não está nem se mexendo
Briga entre médico e paciente. (Foto: Reprodução)
Briga entre médico e paciente. (Foto: Reprodução)

Na última segunda-feira (3), um médico e um paciente trocaram cadeiradas durante uma briga entre os dois em uma unidade de saúde de Luziânia, região do Entorno do Distrito Federal. Através de um vídeo feito por quem estava no local, é possível ver que um deles arremessa uma cadeira e outro revida jogando outra.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Em nota, a prefeitura de Luziânia disse que está analisando a situação e que busca informações para esclarecer o que aconteceu. Médico e paciente foram levados à delegacia, mas ninguém foi preso até o começo da noite do mesmo dia.

Em entrevista à TV Anhanguera, o médico disse que a briga começou porque o paciente queria um frasco de insulina, mas sua receita estava vencida há mais de um ano. Nesse momento a funcionária disse a ele que teria fazer uma nova consulta.

Após isso, o homem teria começado a agredir verbalmente a funcionária da UBS, conforme relatou o médico. Ele disse ainda que, após ouvir a confusão, foi até o local para defender a trabalhadora – momento em que foi agredido fisicamente.

O médico teve alguns machucados e contou que teve uma lesão no tendão da mão, e que um dos dedos dele não está nem se mexendo.

Em nota, o Conselho Regional de Medicina de Goiás (Cremego) disse que repudia qualquer forma de violência e entende que a relação entre médico e paciente deve ser pautada pela confiança e baseada no respeito mútuo.

“O Cremego espera que o caso seja apurado, os responsáveis sejam punidos e que episódios lamentáveis como esse não se repitam”, ressaltou o conselho.


Leia mais sobre: / / Cidades

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.