20 de maio de 2022
Queda de casos

Máscara deixa de ser obrigatória em espaços abertos, em Anápolis

Anúncio foi feito pelo prefeito Roberto Naves, depois de melhora nos índices epidemiológicos
Prefeito Roberto Naves anuncia fim da obrigatoriedade do uso de máscaras ao ar livre. (Foto: Divulgação)
Prefeito Roberto Naves anuncia fim da obrigatoriedade do uso de máscaras ao ar livre. (Foto: Divulgação)

O uso de máscara em Anápolis passará a ser opcional em ambientes abertos, como praças, parques e ruas. O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (15), pelo prefeito Roberto Naves.

A medida entra em vigor a partir da publicação de nota técnica da Secretaria Municipal de Saúde no Diário Oficial do Município, o que deve ocorrer ainda hoje.

“Nós não estamos tirando a máscara das pessoas. Não será mais obrigatória. A pessoa que tem comorbidade ou resolveu por qualquer razão não se vacinar, a melhor forma de se proteger é com a máscara. Mas o cidadão, por exemplo, que está com três doses de vacina e quer fazer uma caminhada, uma corrida ou vai até uma praça que não tenha aglomeração, o uso da máscara precisa ser opcional”, disse o prefeito.

Continua após a publicidade

O documento da Secretaria de Saúde analisa que durante o avanço da variante Ômicron, entre os casos confirmados nos meses de dezembro e janeiro, “houve notória redução do número de atendimento nas unidades de saúde”.

A isso, Roberto Naves atribuiu a ampliação da cobertura vacinal. “A Ômicron foi uma cepa mais branda porque a grande maioria da população já estava protegida. A vacina realmente salva vidas e nós precisamos continuar avançando com o processo vacinal”, explicou o prefeito, informando que o município realizará uma busca ativa para quem não deu andamento ao ciclo vacinal.

Queda na procura por atendimento

Continua após a publicidade

Devido à queda na procura por atendimento específico para sintomas gripais, as unidades de saúde São Carlos, Vila Norte e Arco-Íris retornam com os serviços da atenção primária a partir de 21 de fevereiro. No mesmo dia, a testagem passa a ser feita nas unidades de referência contra a covid (Parque Iracema, Bairro de Lourdes, Vila União e São José). Consequentemente, a testagem em massa no Ginásio Internacional Newton de Faria deixa de acontecer.