13 de julho de 2024
Polêmica

Marcos do Val diz que Bolsonaro tentou convencê-lo a dar golpe de Estado e anuncia saída da política

O senador afirma que foi coagido pelo ex-presidente mas imediatamente deixou claro que não participaria da trama
Marcos do Val diz que foi coagido por Bolsonaro para aplicar um golpe de Estado e derrubar o presidente Lula. (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)
Marcos do Val diz que foi coagido por Bolsonaro para aplicar um golpe de Estado e derrubar o presidente Lula. (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

Na madrugada desta quinta-feira (2), durante transmissão ao vivo nas redes sociais, o senador Marcos do Val (Podemos-ES) afirmou que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) pediu para que ele fizesse parte de um plano de golpe de Estado para derrubar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). 

De acordo com do Val, ele foi coagido pelo ex-presidente mas, segundo ele, imediatamente, deixou claro que não participaria da trama. O parlamentar afirmou também que denunciou o episódio. Além disso, o senador disse que irá renunciar ao mandato.

“Eu ficava puto quando me chamavam de bolsonarista. Vocês me esperem que vou soltar uma bomba. Sexta-feira vai sair na (revista) Veja a tentativa de Bolsonaro de me coagir para que eu pudesse dar um golpe de Estado junto com ele, só para vocês terem ideia. E é lógico que eu denunciei”, afirmou do Val.

Após a transmissão, Marcos do Val usou sua conta no Instagram para reforçar o que havia declarado anteriormente. O parlamentar capixaba comunicou sua “saída definitivamente da política”.

“Perdi a convivência com a minha família, em especial com minha filha. Não adianta ser transparente, honesto e lutar por um Brasil melhor, sem os ataques e as ofensas que seguem da mesma forma. Nos próximos dias, darei entrada no pedido de afastamento do senado e voltarei para a minha carreira nos EUA”, escreveu o senador.


Leia mais sobre: / / / Política

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.