25 de junho de 2022
Mundo

Mapa mostra casos de coronavírus pelo mundo em tempo real

Uma equipe da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, elaborou um mapa que mostra a propogação do novo coronavírus praticamente em tempo real.

Continua após a publicidade

Na manhã desta quinta-feira (30), a ferramenta apontava que 7.783 casos de infecção estão confirmados. A maioria absoluta está na China. O patógeno, porém, já afetou várias nações do sudeste asiático. Também são apontados casos na Arábia Saudita, Estados Unidos, Canadá, França e Alemanha.

O mapa online foi lançado na quarta-feira (29) e apresenta outras estatísticas, como o número de mortes causadas pela infecção viral. Os dados estão disponíveis gratuitamente para download. Segundo o professor de Engenharia Civil da universidade, Lauren Gardner, é importante tornar as informações públicas.

“Construímos este gráfico porque achamos que é importante as pessoas terem entendimento do surto enquanto ele evolui com dados acessíveis e transparentes”, disse. “Para a comunidade de pesquisadores, os dados se tornarão mais valiosos enquanto formos coletando”, completou o professor em entrevista ao portal científico americano Spatial Source.

Continua após a publicidade

As estatísticas são coletadas através da Organização Mundial da Saúde (OMS). Na província de Hubei, onde fica a cidade de Wuhan, considerada o epicentro da doença, são 4.586 casos confirmados e 162 mortes até a publicação desta matéria.

Patógeno atinge 19 países

As autoridades das Filipinas confirmaram o primeiro caso no país do novo coronavírus, que já provocou 170 mortes na China, onde há mais de 7.700 pessoas infectadas, e já atinge mais 18 países.

Além da China e dos territórios chineses de Macau e Hong Kong, há pelos menos 50 casos confirmados do novo coronavírus em 18 países – Tailândia, Japão, Coreia do Sul, Taiwan, Singapura, Vietnam, Nepal, Malásia, Estados Unidos, Canadá, França, Alemanha, Austrália, Finlândia, Emirados Árabes Unidos, Camboja, Filipinas e Índia.

Alarme falso em Goiânia

Nesta quarta-feira (29) um paciente deu entrada no Hospital de Doenças Tropicais (HDT) de Goiânia com suspeita de infecção por coronavírus. Mais tarde, o hospital esclareceu que se tratava de uma sinusite.