24 de junho de 2024
Protesto • atualizado em 31/10/2022 às 10:24

Manifestantes pró-bolsonaro interditam BR-060 entre Goiânia e Anápolis

Em nota a Polícia Rodoviária Federal (PRF) disse que está tentando uma negociação com os ocupantes
BR-060 entre Goiânia e Anápolis. (Foto: Reprodução / Vídeo).
BR-060 entre Goiânia e Anápolis. (Foto: Reprodução / Vídeo).

Desde à noite deste domingo (30) após o resultado do segundo turno para presidente, manifestantes bolsonaristas interditam a BR-060 no sentido Goiânia / Anápolis em forma de protesto contra a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Em nota, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) disse que está tentando uma negociação com os ocupantes. Eles atearam fogo em pneus ainda na noite de ontem e pela manhã desta segunda o trecho segue interditado nos dois sentidos.

No município de Anápolis, o bloqueio é total, com 8,5 km de congestionamento nos dois sentidos. Já na região Sul do estado, a interdição é parcial, com aproximadamente 8 km de fila de carros em ambas direções.

NÃO DEIXE DE LER: Caminhoneiros tumultuam vias pelo Brasil contra vitória de Lula e pedem intervenção militar; veja vídeos

De acordo com a Triunfo Concebra, há outros bloqueios na BR-060 no km 101, em Anápolis, e outro na BR-153, no km 703, em Itumbiara, no sul do estado. Outros locais, conforme a concessionária, também seguem interditados como na BR-040 no município de Cristalina, região do Entorno do Distrito Federal, e Luziânia, a BR-040 também está interditada nos dois sentidos no km 19.

De acordo com a PRF, na cidade de Luziânia houve negociação e uma liberação parcial por 15 minutos no trecho do km 19, emas os dois sentidos da rodovia seguem bloqueados.

Em Jataí, região Sudoeste, a interdição acontece na BR-364, no km 196. Manifestantes queimam pneus e o trânsito está parado dos dois lados da rodovia.

Procurado por nossa reportagem, o Sindicato dos Transportadores Autônomos de Cargas (Sinditac), afirma que o caminhoneiro autônomo não tem envolvimento com as manifestações. Segundo o presidente Vantuir José Rodrigues, são empresários do agronegócio que não quer aceitar a democracia.

”Não tem caminhoneiro autônomo nenhum participando. São os empresários que estão disfarçando de caminhoneiro”, afirma Vantuir.


Leia mais sobre: / / / / Política

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.