24 de junho de 2024
Protestos • atualizado em 01/11/2022 às 10:52

Manifestantes continuam bloqueando rodovias goianas mesmo após decisão judicial

Pelo menos 14 trechos entre estaduais e federais seguem com interdição total ou parcial
Rodovias seguem bloqueadas em Goiás. (Foto: Reprodução / TV Anhanguera).
Rodovias seguem bloqueadas em Goiás. (Foto: Reprodução / TV Anhanguera).

Os bloqueios nas principais rodovias goianas promovidos por manifestantes bolsonaristas que não aceitam o resultado das urnas eleitorais e contra à vitória do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), se estendem por pelo menos 14 pontos de trechos estaduais e federais mesmo após decisão do STF que determina policiais militares estaduais e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) a tomarem providências imediatas.

O ministro Alexandre de Moraes acatou o pedido que foi feito pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT) e pelo vice-procurador geral eleitoral na noite desta segunda-feira (31). Além de Goiás, diversos outros estados também tem registros de rodovias bloqueadas.

“Que sejam imediatamente tomadas, pela Polícia Rodoviária Federal e pelas respectivas polícias militares estaduais – no âmbito de suas atribuições – , todas as medidas necessárias e suficientes, a critério das autoridades responsáveis do poder executivo federal e dos poderes executivos estaduais, para a imediata desobstrução de todas as vias públicas que, ilicitamente, estejam com seu trânsito interrompido”, destacou Moraes.

LEIA TAMBÉM: Empresários utilizam caminhoneiros para protestar contra eleição, afirma representante do Sinditac

Caso haja descumprimento da liminar, o diretor da PRF, Silvinei Vasques terá uma multa de R$ 100 mil por hora e eventual afastamento do cargo. Na decisão, Moraes escreveu que movimentos reivindicatórios não podem impedir o restante da sociedade de exercer seus direitos.

Rodovias bloqueadas em Goiás

Desde o último domingo (30), mais de dez rodovias já foram bloqueadas em Goiás. Veja quais são os pontos bloqueados entre estaduais e federais:

Rodovias federais:

  • BR-060 – km 102 em Anápolis segue com bloqueio total nos dois sentidos;
  • BR-060 – km 60 em Abadiânia segue com bloqueio total nos dois sentidos;
  • BR-158 – km 158 em Caiapônia segue com bloqueio parcial;
  • BR-050 – km 279 em Catalão segue com bloqueio total nos dois sentidos;
  • BR-364 – km 196 em Jataí segue com bloqueio parcial;
  • BR-060 – km 380 em Rio Verde segue com bloqueio total nos dois sentidos;
  • BR-050 – km 282 em Catalão segue com bloqueio total nos dois sentidos;
  • BR-364 – km 299 em Mineiros segue com bloqueio parcial.

Rodovia estaduais:

  • GO-164 – km 140 em Quirinópolis interditada no sentido Paranaiguara;
  • GO-164 – km 138 em Quirinópolis interditada no sentido Santa Helena de Goiás;
  • G0-206 – km 146 em Quirinópolis interditada no sentido Caçu;
  • GO-080 – km 162 em Goianésia interditada no sentido Jaraguá / Goianésia;
  • GO-060 – km 121 em São Luís de Montes Belos;
  • GO-080 – km 001 em Goiânia com interdição na Avenida Vera Cruz.

Ao O Popular, o governador Ronaldo Caiado disse que a orientação nas GOs é que seja liberada a passagem de carro de passeios, cargas com produtos perecíveis e ambulâncias.


Leia mais sobre: / / / Cidades

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.