20 de maio de 2024
Chuvas fortes

Mais de 850 mil pessoas foram afetadas no Rio Grande do Sul; número de mortes sobe para 83

No total, 83 mortes foram confirmadas e o número de desaparecidos chega a 111 pessoas
Para aumentar o nível de prevenção, a Defesa Civil informa que as pessoas podem fazer um cadastro e receber alerta meteorológico do órgão. (Foto: Ricardo Stuckert/PR).
Para aumentar o nível de prevenção, a Defesa Civil informa que as pessoas podem fazer um cadastro e receber alerta meteorológico do órgão. (Foto: Ricardo Stuckert/PR).

Conforme boletim da Defesa Civil, divulgado nesta segunda-feira (6), mais de 850,4 mil pessoas foram impactadas até o momento pelas chuvas fortes que atingem o Rio Grande do Sul desde a semana passada. No total, 83 mortes foram confirmadas e pelo menos mais quatro estão sendo investigadas. Ainda segundo o boletim, no momento, o número de desaparecidos chega a 111 pessoas.

O total de mortes está sendo considerado pelas autoridades como o pior em um desastre climático da história gaúcha. Devido ao mau tempo, o estado contabiliza 21.957 pessoas desalojadas. Além disso, o levantamento aponta que 19.368 pessoas estão temporariamente em abrigos e há 276 feridos.

No boletim divulgado no último domingo (5), as chuvas provocam danos e alterações no tráfego nas rodovias. São 110 trechos em 61 rodovias com bloqueios totais e parciais, entre estradas e pontes. As informações são do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). Segundo a Secretaria de Logística e Transportes (Selt), há um trabalho em curso para desobstruir as estradas o mais rápido possível.

No boletim divulgado ontem, também foram divulgados dados em relação às escolas afetadas no Rio Grande do Sul pelas enchentes, o que inclui as que foram danificadas, servindo de abrigo, com problemas de transporte e de acesso, entre outras questões. Nessa situação, há 733 escolas em 229 municípios, com 247.228 estudantes impactados.

Alerta no Rio Grande do Sul

Para aumentar o nível de prevenção, a Defesa Civil informa que as pessoas podem fazer um cadastro e receber alerta meteorológico do órgão. Basta enviar o CEP da localidade por SMS para o número 40199. Uma confirmação vai ser enviada e o número ficará disponível para receber as informações. Também é possível se cadastrar pelo Whatsapp: número (61) 2034-4611. Um robô de atendimento fará a interação e o usuário poderá compartilhar a localização atual ou qualquer outra de interesse para receber as mensagens da Defesa Civil.


Leia mais sobre: / / / Brasil / Cidades

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019