08 de agosto de 2022
Educação

Maioria das escolas públicas de GO tem biblioteca, mas apenas 32% contam com laboratório de ciências

Escola Estadual Cruzeiro do Sul, em Valparaíso. (Foto: Divulgação)
Escola Estadual Cruzeiro do Sul, em Valparaíso. (Foto: Divulgação)

Um estudo apresentado pelo Comitê Técnico de Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB) detalhou a estrutura de escolas públicas de ensino fundamental e médio goianas.

O levantamento foi extraído do Censo Escolar 2018 (Inep/MEC) e compara também as estruturas com as escolas privadas. A intenção é dar informações para que órgãos de controle possam fiscalizar a situação das redes de ensino. Em Goiás, o Tribunal de Contas do Estado (TCE-GO) fiscaliza a estrutura do ensino médio. Ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-GO) cabe avaliar escolas de ensino fundamental.

A pesquisa também identifica falta de itens relevantes para o adequado aprendizado. São eles: bibliotecas e laboratórios, internet, espaços de lazer, esportes e acessibilidade. 

Continua após a publicidade

Ensino Médio

Na comparação com o resto do Brasil, as escolas goianas de ensino médio estão bem situadas em relação à existência de bibliotecas ou salas de leitura e internet. Conforme o levantamento, 91% das unidades contam com espaços para leitura ou bibliotecas, enquanto a média nacional é de 86%. Minas Gerais lidera a estatística, com 96%.

A internet é disponibilizada em 97% das escolas públicas goianas, enquanto no Brasil o dado cai para 94%.

Continua após a publicidade

Goiás fica abaixo da média nacional em três quesitos. A pesquisa mostra que 73% das escolas brasileiras possuem quadras de esporte; no estado, 72% gozam dessa estrutura. O número de unidades com laboratório de informática também fica aquém. Enquanto o país tem 82% de média, as escolas goianas ficam com 72%.

Unidades equipadas com laboratório de ciências apresentam o pior índice de Goiás no levantamento. Apenas 32% das escolas no estado são contempladas. No Brasil, a média é de 39%.

57% das escolas goianas são consideradas acessíveis, enquanto o dado é de 45% no patamar nacional. Em Goiás, 60% das unidades contam com pátio coberto, contra 59% da média brasileira.

Avaliação público x privada

No geral, as escolas privadas, como mostra a pesquisa, costumam apresentar estruturas mais completas aos estudantes. A desagregação dos números entre escolas das redes pública e privada identifica um maior percentual de escolas públicas desprovidas de estruturas, como laboratório de ciências e biblioteca no país.

No entanto, há estados que apresentam realidades similares nos dois grupos de escolas, públicas e privadas, em termos de quantidade de escolas que oferecem determinada estrutura a seus alunos. Por exemplo, Goiás, Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Paraná e Minas Gerais dispõem de biblioteca aos alunos em mais de 90% dos estabelecimentos.

Dos quesitos avaliados, as escolas públicas do ensino médio só ganham das particulares em Goiás em acessibilidade (76% contra 73%) e laboratórios de informática (72% contra 61%). Nos demais, a vantagem sempre é do ensino privado.

Confira os dados comparativos no gráfico abaixo (média Brasil x média Goiás)

Leia mais sobre:
Educação