12 de agosto de 2022
Infidelidade partidária

Magda Mofatto pode sofrer punição por apoio a Gustavo Mendanha, admite presidente estadual do PL

Major Vitor Hugo disse que tem sido "pressionado a tomar algum tipo de atitude"
Mesmo no PL, que tem Major Vitor Hugo como pré-candidato a governador, Magda Mofatto apoia Gustavo Mendanha, do Patriota (Foto: Reprodução/Instagram)
Mesmo no PL, que tem Major Vitor Hugo como pré-candidato a governador, Magda Mofatto apoia Gustavo Mendanha, do Patriota (Foto: Reprodução/Instagram)

A deputada federal Magda Mofatto pode sofrer punição de seu partido, o PL, por apoiar a pré-candidatura de Gustavo Mendanha (Patriota) e não a do seu correligionário Major Vitor Hugo.

“Tenho sido pressionado pelos convencionais e por pré-candidatos a tomar algum tipo de atitude a partir do momento que houver a convenção”, admitiu, em entrevista coletiva, o governadoriável do PL, que também preside o diretório estadual da sigla.

“Houve uma decisão do presidente [Jair Bolsonaro], do PL nacional e agora [deve haver] uma decisão coletiva, muito maior que uma pretensão minha”, acrescentou. “Deixa de ser uma pretensão individual e passa a ser algo formalmente coletivo.”

Continua após a publicidade

LEIA TAMBÉM: Mofatto diz que apoia Mendanha mesmo sob ‘risco de ser prejudicada pelo PL’

De acordo com Major Vitor Hugo, a pressão é no sentido de usar “instrumentos legais e estatutários para garantir a unidade desse projeto”, mas ele ainda espera que Magda Mofatto caminhe ao lado do PL.