19 de julho de 2024
Violência familiar

Mãe ameaça a própria filha de morte, em Taquaral; mulher foi presa em flagrante

A suspeita foi autuada em flagrante com base na Lei Menino Henry Borel que coíbe a violência doméstica e familiar contra a criança e o adolescente
Na delegacia, a mulher reiterou as ameaças contra a criança, além de causar grande tumulto. (Foto: PCGO).
Na delegacia, a mulher reiterou as ameaças contra a criança, além de causar grande tumulto. (Foto: PCGO).

Em Taquaral, uma mulher de 27 anos foi presa em flagrante delito na última terça-feira (5), após ameaçar a filha, uma criança que não teve a idade revelada pelas autoridades. O crime foi divulgado pela Polícia Civil de Goiás nesta quinta-feira (7). A prisão foi feita por intermédio das Delegacias de Itaberaí e Taquaral, e Subdelegacia de Itaguaru – 4ª DRP.

Segundo a polícia, a denúncia foi feita pelo Conselho Tutelar, que informou que a mulher, durante uma visita dos conselheiros, teria dito por diversas vezes que mataria a própria filha, pois queria se ver livre da mesma. De imediato, os membros do Conselho Tutelar acionaram a PCGO, a qual empreendeu diligências para localizar e conduzir a mulher até a delegacia de Taquaral.

Na delegacia, a mulher reiterou as ameaças contra a criança, além de causar grande tumulto, expondo a filha a situação de constrangimento, oportunidade em que foi autuada em flagrante com base na Lei Menino Henry Borel que coíbe a violência doméstica e familiar contra a criança e o adolescente.

Conforme a polícia, a mulher é acusada pelos crimes de exposição à situação de constrangimento e ameaça contra criança no âmbito da violência doméstica e familiar. Vale ressaltar que foram deferidas Medidas Protetivas de Urgência em favor da criança vítima de violência doméstica e familiar. As investigações sobre possíveis crimes de maus-tratos seguem em andamento.


Leia mais sobre: / / / Cidades / Notícias do Estado

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019